Casa Mathilde – Tradicional Doceria Portuguesa em São Paulo

A Casa Mathilde chegou no centro de São Paulo em 2013 e desde então já caiu nas graças dos paulistanos e turistas que visitam a cidade e estão em busca dos tradicionais doces portugueses. O nome da doceria Casa Mathilde têm muita história e está ligado a Queijaria Mathilde que foi fundada em 1850 na região de Sinta em Portugal, o rei D. Fernando II era uns dos apreciadores dos doces da queijaria, tanto que a Queijaria Mathilde se tornou a fornecedora oficial da Casa Real, recebendo até mesmo um carimbo metálico especial que eram marcados os doces enviados ao rei.

Atualmente a marca é administrada por sócios portugueses que escolheram o antigo prédio da Bolsas de Valores em São Paulo na Praça Antônio Prado no centro para ser sede da Casa Mathilde, o ambiente mantêm todo o charme do prédio antigo com toques de modernidade, a localização é muito privilegiada, por isso a casa está sempre lotada, possui um espaço com mesas no térreo e no andar superior, com uma vista privilegiada para o Edifício  Martinelli. Existe outra duas unidade em Moema e no Santana Parque Shopping, que eu ainda não visitei.

É possível observar a fabricação em um espaço envidraçado no fundo da loja, se tiver sorte pode encontrar os famosos pastéis de nata saindo do forno. A enorme vitrine complica a tarefa de escolher entre todas as opções de doces oferecidas, são mais de 30 tipos diferentes, o pedido é feito no balcão e o doce é entregue na hora, uma comanda individual é entregue na entrada e nela que fica registrado seus pedidos que devem ser pagos na saída.

Entre tantas opções de doces,  as receitas clássicas são as mais pedidas, como o pastel de nata (R$ 6,80), que apesar de aqui  no Brasil também ser chamado de pastel de belém, em Portugal somente o pastel feito na Pastelaria de Belém pode receber esse título, seguindo essa regra a Casa Mathilde traz o pastel de nata, que caso seja sua primeira vez na casa vale experimentar, o creme é cremoso e a massa crocante, o pastel de São bento (R$ 7,00) é uma versão com recheio de amêndoas.

O travesseiro de sintra (R$ 7,50) é uma massa folhada enrolada com recheio de amêndoas, que eu já perdi a conta de quantas vezes pedi, outro doce que adoro é o Bolo de Arroz (R$ 5,50), que apesar de não ser tão disputado é uma ótima opção para um doce mais simples e com menos açúcar. A queijada mathilde, bola de berlim, palmier, bom bocado e biscoitos são algumas das opções encontradas, seguindo o padrão português, a maioria dos doces contêm ovos e massa folhada com preços entre R$ 5,00 a R$ 15,00.

Apesar de menos procurados a Casa Mathilde também oferece opções salgadas, entre elas estão os pães feito na casa, sanduíches e salgados tradicionais, para acompanhar você encontra café, chocolate, suco e água. Se quiser levar seu doce pra casa é só pedir na hora do pedido no balcão e ele é armazenado em caixinhas para ser transportado.

A Casa Mathilde é uma ótima escolha pra experimentar  doces portugueses sem sair de São Paulo, se estiver no centro e passar em frente, não evite entra e se delicie, o difícil é mesmo escolher qual provar.


♦ Procurando Hospedagem? Faça sua reserva pela Booking

♦ Ganhe até R$ 100 na sua primeira hospedagem no Airnbb ♦

♦ Ganhe R$ 15 na sua primeira corrida com a Cabify com o código DEISYR8 


Casa Mathilde

Localização: Praça Antônio Prado 76 – Centro – São Paulo. 

Telefone: (11) 3106-9605

Sitehttp://casamathilde.com.br

Deisy Rodrigues

Viajante compulsiva, devoradora de livros, aspirante a cozinheira nas horas vagas e fotógrafa amadora, uniu umas das suas maiores paixões que é a cidade de São Paulo para reunir seu lado criativo, curioso e explorador e apresentar o que existe de melhor na paulicéia desvairada, mas sem deixar de lado outros destinos por onde passa.

5 thoughts on “Casa Mathilde – Tradicional Doceria Portuguesa em São Paulo

  1. Visitei a Casa Matilde quando ainda estava morando em Sampa e realmente é uma doceria bem bacana para experimentar os tradicionais doces portugueses, além de ficar pertinho do Martinelli que é um excelente passeio pelo centro antigo. Muito bom o post e as fotos abriram o apetite!

  2. Eu não sabia que tinha uma no centro!?! Morrendo aqui! Sou uma fanática por doces portugueses e amo os pasteis de belém! Agora pensando aqui se encontrarei pastel de santa clara por la…

  3. Comooooo eu não conheço esse lugar ainda??? A Loka dos doces portugueses e ainda não parei ai, por que, por que? Tenho que parar com essas manias de ir a Sao Paulo correndo. Adoro tanto e sempre passo tão pouco tempo =( Tô perdendo os doce tudo (e muita coisa mais!) Saudade São Paulo, chego aí qualquer dia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *