Onde comer no bairro da Liberdade – GUIA COMPLETO 2024

onde-comer-na-liberdade

Ficar na dúvida de onde comer no bairro da Liberdade é mais comum do que imagina, não falta restaurantes espalhados e escondidos pra almoçar ou jantar, mas não é apenas comida japonesa que se encontra na Liberdade.

A culinária oriental marca presença com restaurantes japoneses, chineses, coreanos, tailandeses, taiwaneses, indianos e filipinos.

onde-comer-no-bairro-da-liberdade-espaço-kazu-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Casas especializadas em lamen, restaurantes temáticos, cafeterias, padarias orientais e izakayas (boteco japonês) também fazem parte do roteiro gastronômico na Liberdade.

Pra ajudar a montar seu roteiro gastronômico no bairro, elaboramos o Guia de Onde Comer no bairro da Liberdade com referência de locais que frequentamos, outros que estão na nossa lista e alguns que foram indicados.

onde-comer-no-bairro-da-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

O guia está separado por categorias pra facilitar a navegação e conta com algumas curiosidades das culinárias mais presentes na Liberdade.

Esse guia está em constante atualização com novas descobertas gastronômicas que achamos interessante compartilhar, então volte pra consultar ele sempre que estiver com visita marcada no bairro.

Bairro da Liberdade em São Paulo – GUIA COMPLETO 2024

onde-comer-bairro-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Verifique o horário de abertura e fechamento dos locais selecionados antes de ir, assim como a atualização de valores. O São Paulo Sem Mesmice não se responsabiliza pela alterações de horário e preços dos pratos dos estabelecimentos citados no Guia onde comer no bairro da Liberdade.


Clique nos tópicos abaixo pra navegar pela matéria

Onde comer no bairro da Liberdade SP – GUIA 2024

Principais pontos gastronômicos na Liberdade

Restaurantes no bairro da Liberdade

Izakayas, cafeterias, padarias orientas na Liberdade

Sorveterias e Bubble Tea na Liberdade

Outros lugares para comer na Liberdade

Dicas para planejar seu roteiro de onde comer na Liberdade

onde-comer-barato-bairro-da-liberdade-bodogami
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Onde se hospedar no Bairro da Liberdade


Onde Comer no Bairro da Liberdade SP 2024


No mapa abaixo você encontra todos os lugares pra comer o bairro da Liberdade citados na matéria.


Feirinha da Liberdade – Lugar Barato pra comer no bairro da Liberdade


A Feirinha da Liberdade como é carinhosamente conhecida foi fundada em 1975 com o objetivo de promover o trabalho e a cultura oriental da comunidade japonesa no bairro.

Atualmente outras comunidades além da japonesa estão presentes nela com barraquinhas de artesanato e de comida.

feirinha-da-liberdade-onde-comer-no-bairro-da-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

É uma ótima alternativa de onde comer no bairro da Liberdade bem e barato, porém se prepare pra encontrar bastante movimento e concorrência pra fazer seu pedido.


Quando funciona a Feirinha da Liberdade


A feira da Liberdade funciona nos sábados, domingos e feriados das 10h às 18h.

Quando acontece algum evento no bairro a feirinha também costuma funcionar.

Algumas barracas de comida funcionam durante a semana na Praça da Liberdade próximo ao metrô Liberdade.


Onde fica localizada a Feirinha da Liberdade


A Feirinha da Liberdade fica localizada na Praça da Liberdade em frente ao metrô Liberdade da Linha Azul do Metrô.


O que comer na Feira da Liberdade


  • Tempurá e espetinho de camarão na Barraca do Chu.
  • Guioza da Família Nakamura.
  • Takoyaki (bolinho japonês de massa fininha recheado com polvo).
  • Yakissoba (tradicional, carne, frango, vegetariano ou especial).
  • Dorayaki (massa fina parecida com panqueca recheada com doce de feijão azuki).
  • Temaki e Hot Roll da barraquinha Temaki e Hot Roll.
  • Pastel na Barraca da Lih.

Rua Thomaz Gonzaga – Point gastronômico pra comer na Liberdade


A Rua Thomaz Gonzaga apesar de possuir apenas 150 metros, é onde se localiza a maior quantidade de restaurantes pra comer na Liberdade, sendo conhecida como Rua dos Sabores ou Rua dos Restaurantes.

Faz cruzamento com outras duas ruas bem movimentadas no bairro a Rua Galvão Bueno e a Avenida da Liberdade, estando muito bem localizada.

Além varieda oferta de restaurante de diferentes culinárias asiaticas, outro destaque é a variedade de cafeterias, izakayas e lugares temáticos.

Abaixo separei onde comer na Rua Thomas Gonzaga e meus lugares preferidos.


Restaurante Kazu (Espaço Kazu)


Rua Thomaz Gonzaga, 84/90 

O Restaurante Kazu é um dos restaurantes que mais frequentamos no bairro da Liberdade, como o cardápio mescla pratos quentes e frios é sempre uma desculpa pra voltar.

restaurante-espaço-kazu-onde-comer-no-bairro-da-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

O menu é voltado pra culinária japonesa do dia a dia, aquela comida com toque caseiro e com bons preços, que é a mais consumida no Japão.

onde-comer-no-bairro-da-liberdade-espaço-kazu-
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Pra provar pratos crus recomendo as combinações de sashimi e sushi e os donburis com peixe cru, (Salmão-Do, TeKKa-Don e Kaisen-Don).

karê-restauante-kazu-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Entre os pratos quentes os teishokus e o karês têm ótimo custo benefício, como adoro tonkatsu (lombo suíno empanado), acabo sempre escolhendo a opção com ele.

O karê do Espaço Kazu é o da  GoGo Curry que é a primeira franquia de karê saída diretamente do Japão.

restaurante-espaço-kazu-onde-comer-no-bairro-da-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

O teppanyaki (prato popular no Japão onde alimento é grelhado em uma chapa de ferro) é um dos mais pedidos, é possível escolher entre carne, frango, anchovas, frutos do mar e legumes.

Experimentamos o teppanyaki de salmão e o de frutos do mar e ambos são bem fartos e servidos na chapa com bastante cenoura, brócolis e acelga.

Acompanha ainda uma tijela de arroz gohan e outra de missoshiru.

O salão do Restaurante Kazu fica no térreo do Espaço Kazu, é amplo e agradável, porém é bem concorrido no final de semana, principalmente no almoço.


Kazu Cake (Espaço Kazu)


Rua Thomaz Gonzaga, 84/90 

Uma escada próximo a entrada do Restaurante Kazu leva ao Kazu Cake, uma cafeteria que serve as melhores sobremesas da Liberdade e onde se encontra o melhor choux cream (se fala“chu cream”) de São Paulo (na minha opinião).

kazu-cake-onde-comer-no-bairro-da-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Também se encontra opções salgadas mas não têm como negar que as sobremesas são a grande estrela do Kazu Cake.

Elas são produzidas diariamente e apesar das tradicionais da casa não saírem do cardápio, toda vez que volto encontro alguma novidade.


O choux cream é a versão japonesa do doce francês profiterole, que ganha no Japão uma crosta crocante e açucarada e um creme leve de baunilha.


Além do choux cream clássico de baunilha são servidos versões com outros sabores, experimentei o de chocolate, morango, café, caramelo e matchá, porém alguns sabores são sazonais.

Os bolos são minha perdição no Kazu Cake, a massa fofinha com recheio leve, apresentação delicada e uso de ingredientes frescos me conquista.

kazu-cake-onde-comer-no-bairro-da-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

As bebidas quentes e geladas também não deixam a desejar, sempre fico entre o cappuccino, chai tea latte e matchá latte mas no calor não dispenso as bebidas geladas.

O espaço foi ampliado alguns anos atrás ocupando o local onde ficava o antigo Meu Udon, deixando o salão mais espaçoso, aconchegante e moderno.

Por mais que adore conhecer novas cafeterias na Liberdade sempre acabo voltando no Kazu Cake, merece está na sua lisa de onde comer no bairro da Liberdade.


Leia também

Espaço Kazu – As melhores sobremesas da Liberdade


Komei Restaurante


Rua Thomaz Gonzaga, 65

O Restaurante Komei é especializado em pratos quentes, com destaque para o Karê e Ramen.

onde-comer-no-bairro-liberdade-komei
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Pra mim têm o melhor karê pra comer na Liberdade, o tempero deles é único e o tonkatsu (lombo suíno empanado) que sempre peço pra acompanhar é sequinho e crocante.

restaurante-komei-liberdade-onde-comer-no-bairro-da-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

O Gyukatsu Karê (carne bovina empanada) é outra ótima escolha pra acompanhar o karê.

Todas as opções de karê ainda vêm acompanhado de uma salada refrescante com um molho delicioso.

restaurante-komei-onde-comer-no-bairro-da-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Também têm ótimas combinações de teishoku e os ramens ou lamens possuem caldos encorpados, opção vegetariana, apimentada e versão com caldo de karê.

Confira mais detalhes do lamens do Komei no tópico Restaurantes Especializados em Lamen/Ramen na Liberdade


Eat Asia + Hello Kitty


Rua Thomaz Gonzaga, 61

Uma estátua em frente ao Restaurante Eat Asia convida quem passa em frente a conhecer o espaço temático da Hello Kitty, localizado no segundo andar da casa.

Além da temática da decoração inspirada na famosa gatinha, os itens do cardápio também são temáticos.

Os bolos, macarons, brigadeiros, brownies, biscoitos, cupcakes e todos os doces servidos são customizados com a carinha ou algum acessório da Hello Kitty.

O pratos salgados devem ser pedidos no caixa no térreo entre eles o hambúrguer com carne de gado wagyu que têm um pão de brioche decorado.

No primeiro andar o ambiente também é tematizado mas com decoração voltada para mangás e animes.

É uma ótima opção de onde comer no bairro da Liberdade pra quem busca lugares temáticos.


Coffee Selfie


Rua Thomaz Gonzaga, 107

No Coffee Selfie é possível imprimir qualquer imagem da sua escolha na espuma do café, deixando sua bebida mais do que personalizada.

coffee-selfie-onde-comer-no-bairro-da-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

O método é rápido e simples e não têm custo adicional, basta escolher as bebidas que contam com uma câmera no cardápio e enviar sua foto pelo WhatsApp da cafeteria.

A impressão é feita com extrato de café direto da impressora, sem nenhum corante e não possui glúten, sendo totalmente natural.

A dica é escolher uma foto com bastante saturação e contraste para os traços saírem com mais definição.

Mas bebida customizada não é o único motivo pra conhecer o Coffee Selfie, não falta opções de cafés (quentes e gelados), doces e salgados.

Provamos o bolo dark velvet e o bolo red velvet e estavam deliciosos, pra acompanhar minha dica é o cappuccino ou soda Italiana.

O ambiente do Coffee Selfie é bem charmoso, na entrada um balanço chama a atenção de quem passa em frente.

Mas o espaço mais aconchegante da casa fica no primeiro andar.

A decoração é super criativa e fotogênica, que combina com a temática de fotos e selfies.


Kyoto Cafe & Restaurant


Rua Thomaz Gonzaga, 45 B

O Kyoto Cafe & Restaurant é uma ótima opção pra comer no bairro da Liberdade pratos quentes da culinária japonesa por um bom custo benefício.

São servidos pratos à la carte como teishoku, donburi, yakisoba, ramen e ainda combos de refeições e lanches com bebidas da casa.

kyto-restaurante-onde-comer-no-bairro-da-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Provamos o farto chahan (arroz japonês frito com ovo, presunto e cebolinha) com gyoza de carne suína, que acompanha ainda tsukemono (conserva do dia) e missoshiro.

O bao (pão de origem chinesa cozido no vapor) com panceta, pepino e amendoim têm um combinação interessante e saborosa, além de ser bem leve.

As variadas opções de bebidas e sorvetes instagramáveis são outro destaque do cardápio.

Entre as opções especiais de bebidas da casa, a sunset (chá da casa, suco de laranja, soda e xarope de morango) e a good day (yakut, curacao azul e chantilly)são uma ótima escolha.

O ambiente é bem agradável e aconchegante, com paredes com revestimento de madeira e conta com dois andares.


Outros locais pra comer na Rua Thomaz Gonzaga


  • Porque Sim – Possui ótimo custo benefício pra comer no bairro da Liberdade, o foco são os pratos quente (teishokus e lamens).
  • Kenzo Sushi – Uns dos mais tradicionais, é o primeiro restaurante especializado em sushi no bairro.
  • Lamen Kazu – Casa de lamen do grupo Espaço Kazu, possui bastante opções e conta com quatros tipos de base de caldo (shoyu, missô, shio e vegetariano).
  • Restaurante Fuji – O cardápio possui uma variedade de itens pratos japoneses quentes e frios, serve também rodízio completo.
  • Lamen Ikkousha – Única filial na América do sul da rede japonesa. O  tonkotsu lamen, o molho a base de ossos de porco cozido lentamente por dias é a grande estrela da rede.
  • Yamaga – Apesar de contar com pratos quentes o carro chefe são os combinados de sushis e sashimis.
  • Hinodê – Serve comida japonesa tradicional, sendo o restaurantes japonês mais antigo pra comer no bairro da Liberdade e de São Paulo.
  • Jardim Meio Hectare – O único restaurante chinês da Rua Thomaz Gonzaga, possui bom preços e pratos fartos.
  • Spoonful Creamery – Pra provar as famosas raspadinhas de gelo fininho, são mais de 10 sabores pra escolher. Serve também sobremesas e bebidas quentes e geladas.
  • Sushi Yassuh – Faz parte do grupo de restaurantes tradicionais no bairro, foca em pratos japoneses típicos tanto frios como quentes. .
  • Bar Kintaro – Típico izakaya pra comer porções japonesas no balcão acompanhada de uma bebida.
  • Restaurante Itidai – Outro tradicional do bairro com opção de rodízio e combinado de sushi e sashimi.
  • Thai Chef – Preserva o sabor marcante da culinária tailadensa com pratos clássicos.
  • Udon Jinbei – Casa especializada no macarrão udon feito de forma artesanal e no tempurá.
  • Curry’s Culinária Índiana – O primeiro restaurante indiano no bairro da Liberdade, a refeição completa com pão naan conta com opções de frango, cordeiro, camarão, vegana e vegetariana.
  • Torico Ramen – Primeira casa de lamen no bairro da liberdade especializada em Tori Paitan Ramen (lamen com caldo de frango orgânico).

Rua Américo de Campos – Gastronomia e Grafites


A Rua Américo de Campos se transformou no novo point gastronômico descolado para comer no bairro da Liberdade.

O motivo é os estabelecimentos abertos um do lado outro em locais que antes estavam sem uso.

Com o objetivo de atrair o público jovem que tanto circula na Liberdade, esses novos lugares trazem a proposta de bom custo benefício e serviço rápido.

Todos os restaurantes e cafeterias contam ainda com opção de comida pra viagem.

Os muros que cercam o 1º Distrito Policial SP receberam grafites que prestam homenagem a cultura geek oriental, com personagens de animes, mangás e inspirações asiáticas.

grafites-na-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Esse novo muro grafitado no bairro ganhou até nome, foi batizado de “Mural do Mangá” mas muitos estão chamando pelo seu personagem favorito.

Alguns restaurantes inaugurados também trazem grafites na sua fachada e colorem ainda mais a Rua Américo de Campos.

Porém esses novos estabelecimentos não são os primeiros a chegar nessa pequena rua na Liberdade, antes deles restaurantes tradicionais já eram bem disputados.

Confira abaixo todas as opções gastronômicas na Rua Américo de Campos e descubra o motivo que merece estar no seu roteiro de comer na Liberdade.


The Coffee


Rua Américo de Campos, 80

A unidade da The Coffee na Rua Américo de Campo é a segunda da rede no bairro, a primeira fica na Avenida Liberdade.

Com uma proposta de oferecer um serviço rápido, espaços minimalista e café de qualidade, a marca se popularizou no Brasil e conta com unidades em diversos estados.

O café é de produção brasileira porém o método de preparo e serviço é inspirados no café urbanos do Japão conhecido como “To Go”.

A marca registrada da The Coffee são os espaços pequenos e decoração clean, voltado pra clientes que querem agilidade, ideal pra quem busca café pra viagem.

Trabalha com auto serviço, o cliente faz o pedido em um tablet ou pelo app no celular, realiza o pagamento (não aceita dinheiro) e aguarda o pedido ser preparado.

O cardápio conta com cafés tradicionais e criações da marca (quentes e gelados) com ou sem café.

Provei o mad mocha (café, leite e chocolate), matchá gelado de hortelã (com leite e toque de menta) e o chai latte, ambos muito bem preparados.

Possui também algumas comidinhas pra acompanhar a bebida que fica em exibição na vitrine proxímo ao caixa onde se faz o pedido.

É possível levar o café da marca pra preparar em casa e também acessórios personalizados.


La Guapa Empanadas


Rua Américo de Campos, 84

A La Guapa Empanadas Artesanais da chef Paola Carosella chegou no Rua Américo de Campos trazendo um clima porteño para comer na Liberdade.

la-guapa-empanadas-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

É a primeira unidade aberta da rede na Liberdade que conta com mais de 15 lojas apenas na capital de São Paulo.

la-guapa-empanadas-onde-comer-no-bairro-da-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

As famosas empanadas típicas argentinas podem ser consumidas no local ou levadas pra viagem, os tradicionais combos também fazem parte do cardápio.

la-guapa-empanadas-onde-comer-no-bairro-da-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Eu recomendo o menu la guapa (duas empanadas e 1 salada) para comer na Liberdade uma refeição leve, a salada mescla folhas frescas, queijo meia cura, tomate cereja e nozes/castanhas torradas.

la-guapa-empanadas-onde-comer-no-bairro-da-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

As minhas empanadas favoritas são a salteña (carne, azeitona, ovo e batata), frango caipira (com legumes e ervas), amarrito (presento e queijo) e a portenã (queijo com tomate assado e manjericão).

la-guapa-empanadas-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

O cardápio ainda conta com opções de empanadas veganas e vegetariamas.

la-guapa-empanadas-onde-comer-no-bairro-da-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Não deixe de provar o Tabletón, a criação descontruída do alfajor criada pela Paola Carosella.

Possui massa crocante com raspas de limão e laranja, intercaladas com muito doce de leite, polvilhado com cacau e servido com chantily de cachaça e fava de baunilha.

la-guapa-empanadas-onde-comer-no-bairro-da-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

A unidade da La Guapa no Bairro da Liberdade ainda conta com uma empanada exclusiva, que mistura a culinária asiática com a latino-americana.

Resultado da parceria da chef Paola Carosella e do chef Toshi Akuta, a Furai é um empanada com recheio de karê (curry ao estilo japonês de carne bovina desfiada), em vez de assada, ela é frita.

A massa sequinha da Furai traz uma textura crocante que combina muito bem com a força de sabores do Karê, será oferecida por tempo limitado no cardápio.

O espaço da unidade na Liberdade da La Guapa é compacto com poucas mesas no pequeno salão, porém o pedido pode ser feito pra viagem.


Outros locais pra comer na Rua Américo de Campos


  • Restaurante Migá – Culinária coreana tradicional com destaque para o churrasco coreano com bom custo benefício.
  • Dabok Factory – No cardápio se encontra pratos tradicionais, comida de rua típica da Coreia do Sul e o famoso frango frito coreano.
  • Dōzo – Cardápio de culinária japonesa casual, inspirado nas comidas servidas os jogos de beisebol.

Confira mais detalhes do Restaurante Migá e Dabok Factory e nossa experiência no tópico de Restaurantes Coreanos pra comer na Liberdade.

  • Thai Food Liberdade – Culinária tailandesa autêntica pra provar pratos típicos bem servidos e com ótimo preço.

No tópico de Restaurantes Tailandeses pra comer na Liberdade se encontra mais informações do Thai Food.

  • Sushi Massao – Restaurante japonês tradicional na Liberdade, especializado em pratos japoneses frios, possui cardápio à la carte e rodízio.
  • Alteza Doceria – Umas das docerias mais antigas da Liberdade, pra provar sobremesas com toque oriental com bom valores. Aceita encomendas.
  • Restaurante Hello Kitty And Friends 2D Eat Asia – O primeiro restaurante 2D da Hello Kitty and Friends do mundo com arte da artista Carol Wang, o cardápio mescla diferentes culinárias asiáticas, pratos com carne wagyu e sobremesas exclusivas.

Restaurantes no Bairro da Liberdade


Restaurantes Japoneses na Liberdade


Em nenhum lugar no Brasil você vai encontrar tantos restaurantes japoneses reunidos em um único bairro.

Por isso escolher onde comer na Liberdade pode ser uma tarefa difícil, mas que se torna menos complicada quando você sabe o que está buscando.

Separei os principais restaurantes japonesas pra comer no bairro da Liberdade pelas categorias mais buscadas pra ajudar na sua decisão.


Restaurantes Japoneses Tradicionais


Restaurante Samurai


Rua da Glória, 608 

Fundado em 1969 é um dos mais antigos restaurantes pra comer na Liberdade, iniciou a sua história servindo pratos brasileiros mas hoje os pratos japoneses prevalecem no cardápio.

O Restaurante Samurai ocupa um imóvel de três andares na Rua da Glória desde 1987, em 1999 foi instalado o karaokê, que é um dos mais populares e concorridos do bairro.

No térreo a decoração típica se destaca com o balcão, que possui telhado de madeira com lanternas penduradas e as janelas em estilo shōji.

restaurante-samurai-onde-comer-no-bairro-da-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

No segundo andar ficar o salão com tatami que precisa ser reservado antecipadamente e e se paga uma taxa fixa pra utilização em grupo.

Quem quiser unir duas experiências japonesas, o tatami e o karaokê pode reservar a sala vip.

A experiência de sentar no tatame e a decoração típica do salão é única, porém a sala não isola muito bem o karaokê do terceiro andar, mas nada que chegue a prejudicar a experiência.

restaurante-samurai
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

O cardápio é um dos maiores do bairro, incluindo todos os clássicos da cozinha fria com combinados de sashi e sahimis e os pratos quentes mais tradicionais.

Provei o bem preparado Teishoku Simples que é composto de 6 fatias de sashimi, yakizatana (peixe grelhado), tempurá, legumes, somen (sopa com macarrão), sunomono (pepino em conserva), arroz e tsukemono (legumes em conserva).  


Outros Restaurantes Japoneses Tradicionais


Na maioria dos restaurantes tradicionais para comer no bairro da Liberdade se encontra pratos quentes e frios, porém o sashimi e sushi ganha destaque.

Escolher um restaurante clássico pra comer na Liberdade é a melhor escolha pra provar sashimi com cortes feitos com técnicas japonesas tradicionais e peixes de alta qualidade.

  • Sushi Yassuh (Rua Thomaz Gonzaga, 98) – Fundado na década de 70 é um dos mais tradicionais, possui salas privativas com tatame e culinária típica.
  • Takô (Rua da Glória, 746) – O cliente pode escolher se sentar no balcão ou tatame, no cardápio o destaque fica pelos excelentes combinados de sashi e sashimi.
  • Restaurante Hinodê – (Rua Thomaz Gonzaga, 62) É o restaurante japonês mais antigo de São Paulo, inaugurado em 1965 e também o que têm uns dos cardápios mais tradicionais. O ambiente têm decoração toda em madeira artesanal típica japonesa na fachada e salão.
  • Restauranye Yamaga (Rua Thomaz Gonzaga, 66)- Inaugurado em 1985 é especializado em pratos tradicionais á la carte, o Chef Toshizo conta com certificado de culinária tradicional japonesa pelo governo do Japão.
  • Sushi Kenzo – (Rua Thomaz Gonzaga, 45) – A inspiração em casa de sushis tradicionais é tanto no cardápio como na decoração, a experiência tradicional se inicia desde a entrada com a fachada personalizada.
  • Deigo Restaurante (Praça Almeida Júnior, 25) Cardápio com inspiração na tradicional culinária da região de Okinawa no Japão.
  • Sushi do Lika – (Rua dos Estudantes, 152) – Pra provar combinados clássicos de sushi e sashimi, ambiente com decoração típica e mesas com tatame no salão.
  • Sushi Massao – (Rua Américo de Campos, 46) – Restaurante familiar com mais de 20 anos de história, sua especialidade são pratos japoneses frios
  • Sushi Amigo (Av. da Liberdade, 607)- Ambiente simples e intimista, onde a tradição prevalece. Indicado para quem busca combinados de sushi e sashimis para dividir em grupos ou sentar no pequeno salão e ver o preparo dos cortes.

Restaurante Japoneses na Liberdade com Buffet por Kilo e Rodízio


É possível encontrar ótimos rodízios para comer na Liberdade em poucos restaurante tradicionais sem excessos de criatividade, assim como buffets com itens de qualidade e com ampla opções pra quem procura variedade.

  • Sushi Isao (Rua da Glória, 111) – Comandado pelo Chef Isao é um clássico do bairro pra provar sushi e sashimi, além dos combinados conta também com opção de buffet.
  • Restaurante Fuji (Rua Thomaz Gonzaga, 66) – Restaurante tradicional que conta com um dos melhores rodízios do bairro e com melhor custo benefício. Serve também pratos quentes e combinados de sushi e sashimi.
  • Restaurante Nandemoya (Rua Galvão Bueno 451)- Fundado em 1993, é famoso pelo seu farto buffet e amplo salão. Pratos japoneses e chineses (quentes e frios) dividem espaço com o churrasco brasileiro.
  • Restaurante Itidai – (Rua Thomaz Gonzaga, 70) Uns dos mais antigos do bairro conta com menu a lá carte e rodízio. Decoração tradicional e salas privativas com tatame.
  • Tanka Restaurante (Praça da Liberdade, 149) – Fica escondido no primeiro andar do Kyoto Hotel, o buffet é variado com pratos japoneses quentes e frios, o preço é fixo pra comer a vontade, serve também rodízio.
  • Restaurante Itiriki (Praça da Liberdade, 159) – Buffet de comida asiática com preço fixo, possui o valor mais em conta do bairro, é bem concorrido.
  • Nikkey Restaurante (Rua Galvão Bueno, 425) – Localizado no Nikkey Palace Hotel, serve buffet no almoço e pratos a lá carte e rodízio no jantar. Salão com decoração típica oriental e espaço com tatame.
  • Kanpai Food (Rua da Glória, 303) Rodízio de Sushi em ambiente tradicional e familiar, serve pratos á la carte, combinados e rodízio.
  • Restaurante Asia House (Rua da Glória, 86) – Pra quem procura comer na Liberdade em um buffet de comida japonesa e chinesa com valor atraente.
  • Kisetsu Sushi (Rua da Glória, 234) – Rodízio com bom custo beneficio no almoço e no jantar.

Restaurantes Japoneses na Liberdade com Bom Custo Benefício


Onde comer no bairro da Liberdade barato é uma pergunta que sempre recebo, até mesmo porquê muitas pessoas consideram restaurantes japoneses caros.

Não nego que pra comer na Liberdade em alguns lugares é necessário abrir um pouco a carteira, ainda mais se procura viver uma experiência gastronômica autêntica em restaurantes com chefes renomados.

Porém muitos deles apresentam bom custo benefício, principalmente os focados em pratos japoneses comfort food, que mesmo no Japão são acessíveis.

Abaixo separei os restaurantes japoneses pra comer no bairro da Liberdade barato e com qualidade.


Restaurante Porque Sim


Rua Thomaz Gonzaga, 75

O Restaurante Porque Sim é um dos mais tradicionais pra comer na Liberdade e fica localizado na rua mais movimentada do bairro, porém seu maior destaque é o ótimo custo benefício.

restaurante-porque-sim-onde-comer-no-bairro-da-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Fundado por imigrantes japoneses, as receitas tradicionais são servidas faz mais de 20 anos, o cardápio é variado com pratos quentes e frios.

Os teishoku e donburimono são os pratos mais pedidos e se destacam por ser muito bem servidos, assim como os lamens, yakissobas e karês.

É um dos nossos restaurantes favoritos pra provar karê no bairro da Liberdade, o caldo têm um tempero caseiro único, todos os pratos acompanham arroz e salada.

Indicamos pedir as opções com empanados japoneses para acompanhar, provamos o com gyukatsu (carne suína) e katsu (carne bovina), outras opções são o kaarage (frango), ebifurai (camarão) e somente o karê.

restaurante-porque-sim-onde-comer-no-bairro-da-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Caso não resista a um teishoku com sabor caseiro, recomendo o de guioza (de carne suína na chapa), o butashogayaki (filé suíno com molho de gengibre) e as opções com tonkatsu.

Outra opção indicada é o Tempurá Teishoku com Legumes e Camarão (pode ser só um ou outro), envolto em massa fina de temepurá, a fritura é sequinha e a quantidade generosa.

restaurante-porque-sim-onde-comer-na-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Chegue próximo ao horário de abertura pra evitar esperar por uma mesa, o salão não é grande, sendo um dos restaurantes mais concorridos pra comer no bairro da Liberdade.


Restaurante Mugui


Rua da Glória 111 (1° Andar)

O Restaurante Mugui fica localizado no primeiro andar de um prédio com fachada discreta na Rua Da Glória, que mais parece um complexo de restaurante escondidos no bairro.

Porém apesar da sua localização com ar de secreta, é muito frequentado pelo clientes fiéis que lotam o seu charmoso balcão nos horários de pico no almoço.

Inaugurado em 1989, entra na categoria dos restaurante japoneses clássicos pra comer no bairro da Liberdade e que oferecem um ótimo custo benefício pra comer na Liberdade.

A especialidade do cardápio do Restaurante Mugui são os pratos japoneses quentes, entre eles o lamen, udon, soba, yakissoba, guioza e tempurá.

Conta também com uma variedade de teishoku (PF Japonês) com opções quentes pra escolher.

restaurante-mugui-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Provamos o excelente guioza de carne de porco no vapor, com massa fininha e recheio bem temperado, a porção é super bem servida.

Como o macarrão são o carro chefe da casa, não deixe de provar pratos com ele.

Escolhi o lamen da casa (caldo de shoyu, com fatias de lombo de porco, omelete, pasta de peixe, moyashi e cebolinha) que estava muito bem preparado e finalizado.

restaurante-mugui-onde-comer-no-bairro-da-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Outro prato com macarrão que provamos foi o Nabeyaki Udon (com pedaços de frango, camarão, shitake, ovo, pasta de peixe, cebola, cebolinha e tempurá de legumes), o caldo têm um toque adocicado e também chegou muito bem apresentado.

restaurante-mugui-onde-comer-no-bairro-da-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Possui duas opções de sobremesa no cardápio, (pudim de leite e mousse de cupuaçu).

O pudim de leite é bem leve e com açúcar na medida (aceite a sugestão do garçom de espremer o limão que acompanha em cima).

restaurante-mugui-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

É oferecido a opção de porção mini em quase todos os pratos por um valor menor, porém não é uma porção muito pequena, os pratos são bem servidos.

Junto com o cardápio é entregue uma comanda com os valores, o garçom risca com caneta os itens pedidos e depois é só fechar a conta diretamente no caixa.

No almoço o Restaurante Mugui é um dos lugares para comer no bairro da Liberdade que mais lotam, pra aproveitar o ambiente com calma, visite durante o jantar.

Chegue cedo no almoço ou jantar se quiser mesa, a maioria dos assentos é no balcão.

Fique atento que o restaurante fecha toda segunda e no último domingo do mês.


Outros restaurantes localizados na Rua da Glória, 111


O prédio com fachada discreta na na Rua da Glória, 111 esconde alguns dos restaurantes mais tradicionais pra comer no bairro da Liberdade com melhor custo benefício do bairro.

Porém apesar de escondidos, são bem disputados por clientes fiéis e se não quiser aguardar na fila de espera, é recomendado chegar assim que as portas forem abertas.

  • Udon Nakamura (Rua da Glória 1111° Andar) – Inaugurado em 1954, segue servindo a especialidade da casa, os ensopados quentes com macarrão udon artesanal e variadas opções de teishoku.
  • Sukiyaki House (Rua da Glória 1111° Andar) – Restaurante japonês tradicional com pratis típicos e com ótimo custo benefício.
  • Restaurante Ueda/Horumon Yaki/Yakiniku (Rua da Glória 1112° Andar) – Churrasco na mesa na versão japonesa tradicional de yaniku com variadas opções de corte pra escolher.

Bodogami Restaurante e Café


Avenida da Liberdade, 456 

O Bodogami é uma mistura de restaurante, bar e cafeteria que chama atenção pelos mais de 578 jogos de tabuleiros e um cardápio com pratos japoneses com ótimo custo benefício.

É um lugar pra comer na Liberdade em qualquer hora do dia, pra almoçar, jantar, tomar café e até mesmo happy hour.

onde-comer-na-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

O ambiente é agradável e aconchegante e acomoda bem grupos maiores interessados em jogar os jogos de tabuleiros.

No cardápio as opções de teishoku, donburis, bentôs e sanduíches são bem servidas e os acompanhamentos são perfeitos pra dividir enquanto se joga.

As bebidas são bem variadas tanto as opções quentes e geladas da cafeteria como os drinks que podem ser com ou sem álcool.

Experimentei o donburi com lombo empanado (acompanha salada de harusame e espetinho de frutas grelhadas) e destaque para o tonkatsu com ótima fritura e crocante.

Também provei o bento de frango teriyaki que vêm acompanhado de guioza suíno com molho especial da casa.

O Karê leva mix de legumes com cogumelos, sendo possível escolher a proteína, optei pelo lombo empanado e não me arrependi, porém achei o karê muito suave, os temperos estavam muito sutil.

comer-bem-e-barato-na-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Não resisti e como boa fã de Harry Potter, precisei provar a butterbeer que é um drink não alcoólico inspirado na cerveja amanteigada e adorei como o sabor é doce e condimentado.

O bodo blue (drink não alcoólico de blueberry) foi a escolha pra acompanhar a refeição.

Em outra visita pedi a soda italiana de maçã verde e um refrigerante artesanal de matchá, que me surpreendeu pelo sabor acentuado de matchá, porém ficaria melhor se fosse menos doce.

Conta ainda com opções vegetariana e veganas na maioria dos pratos do cardápio.

O custo benefício é sem dúvida um dos melhores pra comer no bairro da Liberdade.

Pra jogar os jogos de tabuleiros e só escolher na estante e se divertir, se encontra jogos a partir de 1 jogador com idade mínima de 5 anos entre os clássicos e raros.

Os pedidos são realizados por um tablet que fica na mesa que vai direto pra cozinha e o pagamento é feito no caixa com comanda individual.

bodogami
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Recomendo ficar de olhos no instagram do Bodogami onde é divulgado eventos de jogos para grupos que necessita de inscrição.


Eat Asia


 Praça da Liberdade, 145 

Além da unidade com andar temático da Hello Kitty na Rua Thomaz Gonzaga, a rede Eat Asia conta com outra unidade maior em frente a Praça da Liberdade com mais opções de pratos salgados.

O cardápio é uma fusão de pratos da comida japonesa, chinesa, tailandesa, havaiana e indiana.

O serviço e parecido com o de comida rápida, se faz o pedido no caixa e depois retira quando a senha é chamada.

É uma boa alternativa pra comer na Liberdade barato e com serviço rápido, mas não espere nenhuma grande experiência gastronômica.

O combo que provei com shoyu lamén, vêm acompanhado de 3 gyozas ou 3 karaages mais 1 bebida, compensa pelo valor e rapidez do serviço.

Apesar de não contar com andar temático da Hello Kitty possui um pequeno balcão decorado que vende os mesmos doces personalizados da outra unidade.

Nos finais de semanas costuma ser bum dos lugares mais concorridos pra comer no bairro da Liberdade, tantos pelos pratos em conta como pra quem deseja conhecer o ambiente descolado com decoração temática.


Liberdade Yokocho


Rua Barão de Iguape, 158

A Liberdade Yokocho (antiga Libas Food Court) é uma galeria com pequenos espaços gastronômicos de diferentes culinárias, com destaque para a asiática, é um ótima escolha pra quem busca bom custo benefício pra comer no bairro da Liberdade.

Quando se cruza a pequena entrada com decoração oriental discreta, se encontra um pequeno corredor com diversos boxs e mesas com cadeiras, nos fundos se encontra um pequeno salão e também banheiros.

galeria-liberdade-yokocho-onde-comer-barato-na-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

A palavra japonesa “yokocho” significa pequeno beco, a escolha do nome da galeria faz referência a pequenos ruas no Japão, onde se encontram pequenos restaurantes simples e tradicionais, muitos deles abertos até tarde.

O clima é despojado e sem nenhum cerimônia, nos boxs os pedidos e pagamentos são feitos no caixa e feitos na hora.


Lugares para comer na Liberdade Yokocho


  • Izakaya COCORO: A unidade da Liberdade é a loja irmã caçula da filial no bairro Paraíso. O cardápio é voltado para a culinária japonesa dos botecos japoneses, com destaque para os espetos na grelha.
  • Butamão: Especializado nas versões japonesas de alguns dumplings chineses, entre eles o nikumans (butaman), shumai e shoronpo no vapor. Conta com combos.
  • Mashitá: Comida coreana com valores acessíveis, o cardápio enxuto traz combinações com ingredientes tradicionais como o bulgogui, kimchi e tok pokki.
  • Mama‎ Issa‎ Onigiri (Izakaya Issa): Caçulinha do tradicinal Izakaya Issa da‎ Dona‎ Margarida, têm como destaque alguns do pratos conhecidos da filial, katsu sando e oniguiris feitos na fora.
  • Brazil Lamen: Lamen sazonal do chef Michihiko Shindo, feito na hora e com retirada de senha.
  • Bentoya N.N.K: Sushi, sashimi, temakis e porçoes feitos na hora. Também serve bentos.
  • Cous.Couz: Comida mediterrânea vegana, com pratos, lanches e porções.
  • Pastel do Sonho: Pastel frito na hora com diversas opções de sabores salgados e também doces.

Takoyaki 8 (Liberdade Yokocho )


O Takoyaki 8 localizado na Liberdade Yokocho é especializado em takoyaki, um tradicional bolinho japonês de polvo grelhado, com massa leve, crocante por fora e macia por dentro.

É possível escolher o recheio (polvo, camarão shitake e misto) e as cobertura a base de molho takoyaki (tradicional, negi mayo e muito queijo).

galeria-liberdade-yokocho-onde-comer-barato-na-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Pedimos s o takoyaki com recheio de polvo e cobertura tradicional com alga verde e flocos de peixe e mais que aprovamos, chega quentinho, massa fininha e bastante recheio . Conta com opção de 6 unidades (R$ 18) e 8 unidades (R$ 20).

Além do takoyashi, o cardápio conta com yakissoba (frango ou porco), okonomiyaki (panqueca japonesa), teriyaki don (carne de porco ou frango com molho agridoce, com arroz e repolho refogado).

Possui outra unidade em uma galeria, localizada na Rua Augusta, próxima a Avenida Paulista.


Outros restaurantes japoneses com bom custo benefício na Liberdade


  • Tampopo Restaurante (Rua da Glória, 224) – No cardápio o okonomiyaki (panqueca japonesa) e bentôs são as melhores opções pra economizar, o rodízio têm um bom custo benefício.
  • Restaurante Bentô House (Praça da Liberdade, 266) – Além dos pratos a lá carte frios e quentes com preços em conta, serve buffet no almoço.
  • New Mimatsu (Rua Galvão Bueno, 475) – É um restaurante tradicional na Liberdade em que se encontra pratos quentes e frios clássicos japoneses.
  • Sukiya Liberdade (Praça da Liberdade, 266) – Maior rede de fast food do Japão, pratos quentes com bom preço e serviço rápido.
  • Kyoto Cafe & Restaurant (Rua Thomaz Gonzaga, 45B)- Pratos quentes japoneses comfort food por um preço excelente e espaço moderno.
  • Udon Junbei (Rua Thomaz Gonzaga, 51)- No cardápio o macarrão udon é a grande estrela e divide o protagonismo com o tempurá, serve ainda bentos e variados domburis.
  • Power Pop (Rua dos Estudantes, 86/Galeria Legal) – Cachorro quente no estilo japonês com opção de pães coloridos e diversos recheios diferentes, entre eles yakissoba, shimeiji, chicken katsu e clássicos como salsicha com queijo.

Restaurantes Chineses no Bairro da Liberdade


No bairro da Liberdade os restaurantes chineses são em menor números se comparados aos japoneses mas não deixam de ser populares, principalmente pelo farta porções e ótimo preços.

No bairro da Liberdade os restaurantes chineses são em menor números se comparados aos japoneses mas não deixam de ser populares, principalmente pelos preços atraentes e pratos qeu vão dos tradiconais a exóticos.

É comum ver o idioma chinês sendo falado entre o clientes e encontrar cardápio em chinês e português, a maioia dos restaurantes são bem frequentados pela comunidade chinesa em São Paulo.


Restaurante Rong He


Rua da Glória, 622-A

O Rong He é nosso restaurante chinês favorito pra comer no bairro da Liberdade, os pratos são deliciosos, fartos e o custo benefício é um dos melhores.

Todos os pratos populares e conhecidos da culinária chinesa se encontra no Rong He com uma qualidade única, o cardápio conta com mais de 150 opções.

onde-comer-na-liberdade-rong-he
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Não se engane com a fachada discreta na Rua da Glória, o salão é um dos maiores do bairro e super concorrido nos finais de semana e feriados, ele se destaca com as mesas pra grupos.

onde-comer-na-liberdade-rong-he
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

A decoração mistura itens orientais com quadros de prêmios e avaliações em diversas revistas e jornais especializados em gastronomia na cidade.

É recomendado ir acompanhado para dividir os pratos que servem no mínimo três pessoas, porém se sobrar comida é só pedir pra embalar e levar pra casa.

onde-comer-no-bairro-da-liberdade-rong-he
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

O macarrão é de produção própria sendo possível ver seu preparo na cozinha que possui um vidro voltado para o salão.

Indicamos escolher pelo menos um dos pratos com macarrão pra provar a especialidade da casa.

O yakissoba é um dos melhores que provamos no bairro, o macarrão chega inteiro e cortado na mesa pelo garçom.

restaurante-chines-pra-comer-na-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

O guioza no vapor é um ótima opção de entrada, a massa é fininha é bem recheado, conta com recheio de carne bovina, suína, camarão e carne suína com camarão.

restaurante-chines-pra-comer-na-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Indicamos também o frango xadrez, que têm um molho incrível e pra acompanhar o arroz chop suey, ambos muito bem preparados.

Chegue cedo pra evitar fila, pois costuma lotar, principalmente no final de semana.

Além da unidade da Liberdade o Rong He conta também com mais três em São Paulo, no bairro do Paraíso, Moema e na Vila Regente Feijó na zona leste, entre os bairros Tatuapé e Anália Franco.

Não aceita cartão de crédito, pagamento em débito, dinheiro e pix.


Hot Pot Liberdade


Rua da Glória, 131 – Liberdade

O Hot Pot Liberdade é um restaurante chinês que oferece uma experiência culinária diferente pra comer na Liberdade, é o único especializado no hot pot chinês (sopa que costuma ser preparada em uma panela sobre fogareiro na mesa)

Os ingrediente escolhidos podem ser carne, frango, frutos do mar, verduras, macarrão, cogumelos e entre outros.

Para o cliente decidir os ingrediente e os caldos é disponibilizado um cardápio de papel que deve ser marcado com caneta e entregue ao garçom.

É disponibilizado ainda pelo Hot Pot Liberdade um buffet com molhos e frutas por uma pequena taxa fixa no cardápio.

Todas as mesas contam com um fogareiro com uma panela centralizada com divisórias, onde é fervido os caldos que o cliente escolhe.

Depois que os caldos atingem a temperatura ideal, o próprio cliente adiciona os acompanhamentos escolhidos pra cozinhar e se servir.

O ambiente têm decoração moderno e aconchegante e fica localizado na Rua da da Glória.


Restaurante Chi Fu


Praça Carlos Gomes, 200

O Chi Fu têm um cardápio que varia entre pratos básicos e conhecidos da culinária chinesa até iguarias exóticas do sul da China.

O cardápio possui mais de 200 itens, muitos deles com frutos do mar, são bem fartos servindo de 2 a 3 pessoas, por isso têm um ótimo custo beneficio.

As mesas do Chi Fu são para grupos grandes, por isso se estiver em menor número não estranhe se acabar dividindo mesa.

É um restaurante pra comer no bairro da Liberdade com prevalência de público da comunidade chinesa, a maioria dos garçons não falam português por isso pode frustrar os clientes que querem ajuda pra escolher.

Leve dinheiro pois não costuma aceitar pagamento em cartão de débito ou crédito.

Está localizado na Praça Carlos Gomes, em frente a Avenida Liberdade e a estação de Metrô Liberdade.


Outros restaurantes chineses no Bairro da Liberdade


  • Restaurante Novo Rei dos Reis (Praça Carlos Gomes 187) – Pratos fartos que servem facilmente duas pessoas por um valor muito atraente.
  • Sopa De Carne Do Senhor Li (Rua Barão de Iguape, 36) – Restaurante especializado em sopa de macarrão chinesa, a mais tradicional é a de carne, leve dinheiro pois não aceita cartão.
  • Restaurante Taizan (Rua Galvão Bueno, 554) – Pratos fartos, amplo salão e bom custo benefício.
  • Restaurante Lucky (Rua Conselheiro Furtado, 489) – Ambiente simples com bom preço pra quem quer economizar com pratos bem servidos.
  • Jardim Meio Hectare – (Rua Thomaz Gonzaga, 650) – Tradicional e com ótimos valores, fica no burburinho da rua mais gastronômica da Liberdade.
  • Figueirinha (Rua Barão de Iguape, 80)- Pra se aventurar em pratos mais exóticos da culinária chinesa ou se manter nos conhecidos.
  • Tenko (Rua dos Estudantes, 144) – Pratos fartos sendo necessário ir com a intenção de dividir, o ambiente é simples.
  • Ganam Chinese Style Food (Rua Barão de Iguape, 93) – Destaque para variedades de Dim Sum (pequenas porções) com bom custo benefício, fica em frente ao Fresh Hotel.
  • Casa Campeão – Comida chinesa especializada em frutos do mar com bom custo benefício e porções bem servidas. Muito frequentado pela comunidade chinesa.
  • Chen’s Culinária Oriental (Rua dos Estudantes, 57) – Ambiente descolado com grafites nas paredes e na fachada, serviço estilo fast food, pratos em embalagem descartável e com preço baixo.
  • Casa 212 (Rua Fagundes, 212) – Mistura culinária chinesa e taiwanesa com foco em pratos comfort food.

Restaurantes Coreanos no Bairro da Liberdade


Os restaurantes coreanos no bairro do Liberdade se dividem entre os que focam em uma experiência culinária tradicional e os que trazem as tendências culinárias vistas nos populares doramas do Netflix.

Estão entre os restaurantes mais concorridos da Liberdade e alguns deles fazem parte da minha lista de favoritos, seja prra provar um classíco churrasco coreano ou o último prato do dorama que fiquei com vontade.

Confira abaixo todos os restaurantes coreanos na Liberdade e planeje sua visita para se aventurar nos famoso sabor coreanos.


Restaurante Migá


 Rua Américo de Campos, 128

Pertinho do burburinho do comércio da Rua Thomas Gonzaga, o Restaurante Migá oferece um dos melhores preços pra quem deseja viver a experiência de comer na Liberdade comida coreana.

O churrasco no estilo coreano é um dos pratos mais pedidos, sendo possível escolher entre o bulgogi, contra filé e pranceta, que conta com valores a partir de R$ 100.

Caso nunca tenha experimentado churrasco coreano não se preocupe, o garçom sempre pergunta se é a primeira vez do cliente e auxilia no preparo quando traz a opção escolhida.

Gostamos muito do churrasco coreano de bulgogi, no Restaurante Migá têm um tempero com picância adaptada, então não espere altas doses de pimenta, mas um mescla de sabores, salgado, doce e picante.

Outra opção de churrasco coreano que indicamos é o de contrafilé, como é um corte mais alto quando estiver ponto precisa ser cortado com uma tesoura

Como esse corte não possui a marinada do buldogui vêm com um tempero a parte pra ser adicionado pra comer com os bachans.

Além do churrasco serve também os principais pratos clássicos da culinária coreana tradicional, a maioria deles servem até 2 pessoas.

Entre eles está o bibimbap, que é servido em um panela de pedra quente nas opções tradicional de bulgogi, com salmão, carne de porco e tartare de carne.

Seguindo a tradição o banchan (acompanhamentos coreanos) são servidos com todos os pratos, junto com uma tigela de arroz por pessoa.

O bachan pode variar nos restaurantes coreanos mas espere sempre encontrar Kimchi entre eles.

O Restaurante Migá têm uma decoração acolhedora com objetos típicos coreanos e salão com poucas mesas.

No final de semana e feriados fica lotado, é comum ver clientes esperando na porta antes de abrir e confesso que somos uns deles.


Portal da Coreia


Rua da Glória, 729 

O Portal da Coreia não é apenas o restaurante mais tradicionais pra comer no bairro da Liberdade mas também é um dos clássicos da gastronomia coreana de São Paulo

Foi até mesmo visitado pelo BTS, famosa banda coreana de Kpop em uma das suas passagens pelo Brasil.

restaurante-coreano-portal-da-coreia-sao-paulo
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

É comum encontrar a proprietária Regina Hwang cumprimentando os clientes ou no caixa, ela é uma figura presente em eventos da comunidade, muitas vezes vestida com o hanbok (vestimenta coreana tradicional).

restaurante-coreano-portal-da-coreia-sao-paulo
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Localizado na Rua da Gloría, o Portal da Coreia têm um fachada discreta e um salão com decoração simples, onde cada mesa conta com um fogareiro para grelhar o churrasco coreano.

O diferencial do Portal da Coreia é a variedade de opções individuais para churrasco , são 15 opções entre carne vermelha, (incluindo o bulgogi), frutos do mar, anchova e shimeji, os valores vão de R$ 60 a R$ 68, feito em um grelha a gás.

restaurante-coreano-portal-da-coreia-sao-paulo
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Provamos dois cortes de churrasco, o tradicional bulgogi, que conta com um tempero agridoce e com pimenta suave e o contra-filé, que também conta com fatias finas, sendo preparado na manteiga.

Todas as porções de churrasco acompanham um conjunto de banchan e um tigela de arroz, as opções de acompanhamentos são tradicionais, incluindo o kimchi.

O cardápio conta com opção de pedir porções extras de banchan, kimchi, arroz e um leve souflé de ovo com molho de camarão e cebolinha.

Para grupos de até 5 pessoas o Família Feliz é a combinação mais interessante pra provar o churrasco, é possível escolher 4 opções e 1 tipo de caldeirada (bulgogi ou frutos do mar).

Também possui diversas opções de ensopados coreanos e bibimbap, alguns pratos permitem escolher a opção com ou sem pasta de pimenta.

A carta de bebidas alcoólicas também é outro destaque pra quem deseja provar destilados típicos como soju (destilado coreano de arroz) e magkuli (vinho de arroz coreano).


Dabok Factory


Rua Américo de Campos, 92

O Dabok Factory promove a união da culinária tradicional coreana com o que têm de maior destaque na comida de rua da Coréia do Sul.

dabok-factory-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

É uma ótima opção pra quem procura comer na Liberdade, comida coreana com bom custo benefício e provar os pratos famosos dos doramas coreanos.

A unidade do Dabok Factory na Liberdade é a mais nova da rede familiar, que conta também com uma filial no Bom Retiro e uma unidade no bairro da Saúde.

No cardápio das duas unidades se encontra o famoso frango frito típico coreano que faz sucessos nos doramas.

Entre os pratos coreanos tradicionais se encontra o bibimbap, bulgogui, japtche, omurice, sundubu e entre outros, alguns com opções vegetarianas e veganas.

O Daebok criou sua própria versão de tteokbokki em formato de bolinha e recheados de queijo, outra criação são os paninis de bulgogui e jeyuk (carne suína).

A batata tornado e o famoso hot dog coreano prometem e cumprem a objetivo de te fazerem sentir em um dorama, você pode tanto pedir pra viagem como comer no local.

Porém se você passa vontade com os personagens nos doramas comendo frango frito apimentado não deixe de provar o frango típico do cardápio.

As porções de frango coreano serve até 3 pessoas e acompanha batata e três molhos a escolha, possui opções com diferentes níveis de pimenta, o frango é muito crocante e bem temperado.

Provamos o  Hot Spiciy (com molho gotchuang adoçado com pimenta extra forte) que é bem apimentado e Curry (temperado e servido com molho curry) que têm uma apimentado leve.

É possível combinar dois sabores na mesma porção, é oferecido luvas pra comer com as mãos, os valores são a partir de R$ 65 (porção inteira) e a partir de R$ 40 (1/2 porção).

Pra acompanhar, o soju é umas das opções de bebida típica no cardápio, entre as bebidas não alcoólicas recomendo as refrescantes sodas italiana.

A unidade no bairro da Liberdade fica na Rua Américo de Campos, quase esquina com a Rua Galvão Bueno.

Não deixe de reparar na fachada, que ganha destaque com os grafites com temática coreana da artista Carol Wang.


Bicol


Rua José Getúlio, 422- Liberdade/Aclimação

O Restaurante Bicol fica longe do burburinho da Liberdade, quase na divisa com o bairro vizinho Aclimação, em uma rua pacata e pouca movimentada.

Mudou de endereço em 2019 pra um espaço maior perto da antiga casa, mas apesar da decoração moderna e descolada é um dos restaurantes coreanos tradicionais da cidade.

Tanto que os clientes fiéis da comunidade se misturam com os iniciantes e apreciadores da culinária coreana.

O churrasco é a estrela da casa e apresenta ótimo custo benefício para 2 pessoas e também um combo que serve até 4 pessoas (não é possível trocar os cortes do combo).

As opções de cortes disponível são o bulgogi, filé de costela, contra filé, barriga de porco, black angus, magret de pato e língua bovina.

Experimentamos o churrasco de bulgogi, que apresenta contrafilé de corte fino em molho marinado levemente agridoce, acompanhado de 8 guarnições e 2 porções de arroz.

Achamos o corte menos finos do que costumamos provar de bulgogi em outros restaurantes coreanos de São Paulo, como a grelha elétrica esquenta rápido e bastante, é um ponto positivo.

Com relação aos banchans, mescla opções tradicionais com algumas invenções contemporânea com assinatura do chef Gregorio Kang.

O cardápio possui outros pratos tradicionais, alguns com versão de picância e outros que o nível é mantido e não pode ser alterado.


Dogbeki


 Rua dos Estudantes, 57

O Dogbeki é a primeira casa especializada no famoso cachorro quente coreano no palito, que nada mais é que uma versão mais criativa e crocante do corndog americano.

Diferente da versão americana que aposta na massa macia, a versão coreana envolve a massa adocicada em farinha panko antes de fritar, além do recheio também con com opções com coberturas.

Algumas das combinações criativas que fazem sucesso na unidade no Bom Retiro, agora podem ser conferidas na Liberdade em um box com atendimento na Rua dos Estudantes.

O pedido é feito em um pequeno espaço aberto para a rua, onde também é realizado o pagamento, a proposta é pegar o pedido e sair andando.

Na unidade na Liberdades os sabores disponível são simples, com queijo, bacon e queijo, super queijo, liberdade e choco (doce). Os valores vão de R$ 8 a R$ 15.

Provamos a versão com queijo e segue o mesmo padrão da filial no Bom retiro, uma ótima alternativa para matar a fome enquanto bate perna no bairro.

Caso tenha interesse de provar mais sabores, visite a unidade no Bom Retiro que fica na Rua Três Rios, conta com alguns assentos na bancada e decoração inspirada em Kpop.


Outros Restaurantes Coreanos na Liberdade SP


  • Churrascaria Cho Sun Gal Bi Liberdade (Rua da Glória, 663): Churrasco típico coreano preparado na mesa com acompanhamentos tradicionais a vontade, também serve opções de comida coreana a lá carte.
  • Mashitá: Box localizado na Liberdade Yokocho (Rua Barão de Iguape, 158), com cardápio com pratos coreanos tradicionais e tendências de comida de rua da Coreia como o bulgogui, kimchi, kimbap e tok pokki.

Restaurantes Tailandeses na Liberdade


A comida tailandesa é para quem gosta de se aventurar em combinações de sabores, a fusão do doce, salgado e ácido é marcante na maioria dos pratos, porém buscando sempre equilíbrio.

Para comer na Liberdade se encontra restaurantes tailandeses que servem comida tradicional com bons preços.


Thai Chef


Rua Thomaz Gonzaga, 45D

O Thai Chef fica na Rua Thomas Gonzaga, quase chegando na Avenida Liberdade, é especializado nos principais pratos clássicos da Tailândia.

Entre eles estão o Pad Thai (macarrão de arroz, tofu com vegetais fritos, molho a base de tamarindo, broto de feijão, cebola roxa e cebolinha) e o Khao Pad (arroz de jasmim com ovos, cebola, tomates, cenoura e couve manteiga).

As variadas sopas aromáticas e cheia de sabores tailandesas como a Tom Yum Gung (aromatizada com gengibre tailandês), Tom Ka (base de leite coco) e Kang Kiaw Wan (curry verde) também têm destaque no cardápio.

Como as porções são generosas no Thai Chef, o valor apresenta um bom custo benefício pra comer no bairro da Liberdade, fica localizado bem no burburinho do bairro, na Rua Thomaz Gonzaga.


Thai E-San


Rua Barão de Iguape, 373

Preste atenção nas pequenas bandeiras da Tailândia pra não passar a pequena entrada do Thai E-San ou apenas pare na fila que costuma se formar descendo a Rua Barão de Iguape.

O ambiente é sem nenhuma sofisticação, salão modesto com poucas mesas, mas as paredes são decoradas com matérias de críticas gastronômicas dos principais veículos especializados.

É um achado pra quem busca algo autêntico e sem ostentação pra comer no bairro da Liberdade.

A cozinha é comandada por imigrantes tailandeses e muitos temperos são enviados por parentes na Tailândia.

Os pratos são generosos e devem ser divididos, como o Pad Thai e Khao Pad Sapparod, que são uns dos mais pedidos.


Thai Food Liberdade


Rua Américo de Campos 154

O Thai Food pode ser incluído no grupo dos restaurantes que podem passar despercebido mas é um dos achados pra comer na Liberdade, representando muita bem a culinária tailandesa no bairro.

Não falta no cardápio á la carte pratos clássicos tailandeses como o Pad Thai, Kao Pad e Kang Kiaw Wan.

Os pratos são fartos, por isso o ideal é visitar acompanhado pra compartilhar tantos os pratos principais como as entradas típicas.

Caso prefera o buffet por kilo, o valor é fixo pra comer a vontade durante 2 horas, é servido durante a semana no almoço e jantar.


Restaurante Taiwanes/Indiano/Filipino na Liberdade


A culinária de Taiwa, Índia e Filipinas também conta com restaurantes para comer na Liberdade, sendo uma ótima escolha pra quem busca se aventurar em novos sabores asiáticos.


Restaurante Laomazi


Rua dos Aflitos, 26

O Restaurante Laomazi escondido na Rua dos Aflitos serve uma comida taiwanesa por um valor muito acessível pra comer no bairro da Liberdade.

Todos os pratos executivos acompanham salada, sopa, legumes cozidos, ovo cozinhado no shoyu, nabo e linguiça taiwanesa.

É possível escolher entre bisteca, peixe, frango, frutos do mar e carne.

Representando a comida de rua de Taiwan no cardápio está o Guabao (sanduíche feito com pão típico chinês assado e recheado) na versão com carne de porco (tradicional), frango, carne e vegetariana (shimeji e tofu).

Aproveite pra provar as versões taiwanesas dos pratos chineses e comparar a diferença de sabor e ingredientes.


Curry’s Culinária Índiana


Rua Thomaz Gonzaga, 45C

Aberto em setembro de 2021 a casa se destaca como a primeira representante da culinária indiana no bairro da Liberdade e por está localizada em um ponto estratégico na Rua Thomas Gonzaga.

No Curry’s Culinária Índiana você encontra pratos completos com ótimo valor, as opções são cordeiro, frango, camarão, vegetariano e vegano.

Todos vêm acompanhado com samosa, pão naan, salada, lentilhas vermelhas e gajar ka halwa (sobremesa indiana feita com cenoura, açúcar, leite, pistache e especiarias).

Para entradas são servidos pão naan, samosa (pastel frito de vegetal), pakora (vegetais empanados e fritos em massa e grão de bico) e tandoori (coxas de frango assadas).

O tempero é bem marcante, repleto de especiarias e os pratos bem servidos, a refeição completa têm um ótimo custo benefício.

A decoração é simples mas destaca com os itens exóticos, muitos deles a venda.


Filipinas Restaurante


Rua Barão de Iguape, 25

O Filipinas Restaurante é o primeiro restaurante de culinária filipina em São Paulo e a única opção pra comer na Liberdade.

É um restaurante familiar, comandado por uma família de imigrantes, que traz os sabores locais e autênticos da gastronomia de Filipinas, ainda pouco conhecido na cidade.

Pra ficar entre os clássicos filipinos, prove o shangai com recheio de porco (lembra um rolinho primavera), sinigang (sopa com caldo agridoce com carne porco ou bovina), sisig (carne do rosto do porco picada e refogada em um panela de pedra quente).

Todas as porções são bem servidas, ótima pra dividir, apresenta um ótimo custo benefício.


Restaurantes Especializados em Lamen/Ramen na Liberdade SP

O lamen está presente na maioria dos cardápios dos restaurantes do bairro, mas nada se compara em comer na Liberdade um lamen autêntico feito em um dos restaurantes especializados.

Confira abaixo quais são os ingredientes tradicionais do lamen e onde comer no bairro da Liberdade.

onde-comer-sao-paulo
Fachada do Ikkousha Ramen. Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Aska Lamen


Rua Barão de Iguape, 260 (Mudou da Rua Galvão Buenos, 466 em novembro de 2023)

O Aska Lamen é um dos restaurantes especializados mais tradicional e disputado pra comer no bairro da Liberdade.

É comum passar por ele e encontrar fila de espera pra provar o lamen com um dos valores mais acessíveis de São Paulo.

A fachada discreta esconde um salão pequeno e com poucas mesas, porém o charme fica por conta do balcão, que permite apreciar cada lamen ser preparado.

O cardápio também é pequeno, mesclando o que têm de mais tradicional entre lamen e tonkotsu lamen, as opções de caldo são shio, shoyu e misso.

Provamos o Shoyu Lamen e o Chashu Men (que é uma opção com mais carne/com caldo a base de shoyu).

O caldo é bem temperado e junto com o macarrão fininho e servido no ponto, cria uma combinação única, que se torna ainda mais surpreendente pelo valor que é cobrado (entre R$ 27 a R$ 31)

Caso queira personalizar seu lamen, os toppings têm um valor bem em conta (de R$ 1 a R$ 3).

A única entrada do cardápio é porção de guioza com 6 unidades (R$ 18), que possui opção de recheio de carne com legumes e carne com cebola.

Pedimos o guioza de carne com cebola, ele conta com recheio úmido, ótimo tempero e massa fininha.

O Aska Lamen é um local, pra fazer seu pedido, comer e ceder o lugar pra quem está na fila de espera, conta com serviço rápido, mas não espere uma atenção personalizada.

É recomendado que o cliente faça todos os pedidos de uma única vez pra evitar segurar lugar, o pagamento é apenas em dinheiro ou pix, não aceita cartão.

Pra fugir do tempo de espera por uma mesa, tente ir durante a semana e chegue cedo, não se espante com a fila que se forma na calçada ante mesmo da casa abrir.

Fecha toda segunda e no último domingo do mês.


Restaurante Komei


Rua Thomaz Gonzaga, 65

Além do karê o Restaurante Komei também é especializado em lamen ou ramen como eles preferem chamar no cardápio.

Os lamens classícos possuem 3 opções de caldo base (missô, shoyu, shio), e aparecem na versão apimentada, vegetariana e especial com caldo de karê.

Conta com toppigs clássicos yashu (carne suína), nori (folha de alga), wakame (alga), naruto, moyashi, ovo e cebolinha.

Provei o Tyashu Lamen (R$ 48) com 4 fatias de yashu com base de caldo de missô e aprovei tanto o sabor como o o cozimento da massa.

É um lamen com um tempero e caldo caseiro, pra quem busca uma versão mais tradicional e com bom custo benefício.

O mural do Naruto comendo seu lamen no salão deixa o ambiente simples com um ar de descolado e agrada quem como nós é fã do anime/mangá.


Veja abaixo outros restaurantes e locais especializados em lamen/ramen pra comer no bairro da Liberdade.

  • Momo Lamen (Rua dos Estudantes, 34) Outro clássico do bairro mas que passou por uma repaginada, possui 3 andares e ambiente moderno. Agrada tanto que procura os lamens clássicos como quem busca novas combinações de caldos.
  • Lamen Kazu (Rua Thomaz Gonzaga, 87) – Além de escolher os caldos, é possível também selecionar os toopings. Têm opção veggie, sazonal, picante com caldo frio e missô branco.
  • Ikkousha Ramen (Rua Thomaz Gonzaga, 45) – Especializado no caldo de tonkotsu que leva ossos de porco em cozimento lento por dias, que garante a espessura cremosa. É filial da rede japonesa de ramen Ikkousha da região de Hakata.
  • Brazil Lamen/Shindo Lamen – (Rua Barão de Iguape, 158) Nos fundos da Libas Food Court se encontra o box comandado pelo chef Shido Michihiko , pra provar o lamen é preciso conseguir uma das cerca de 45 senhas diárias. Consulte o horário e opções do dia no perfil oficial. Pagamento somente em dinheiro.
  • Torico Ramen (Rua Thomas Gonzaga, 110) Nova casa de lamen no bairro da Liberdade, a primeira especializada em lamen feito com tori paitan (caldo extraído do frango) feito com frango orgânico.
  • Rappa Ramen (Rua Galvão Bueno, 351 – Segundo Andar) – Local que traz a proposta de de preparar seu próprio ramen instantâneo igual as lojas conveniência no Japão e Coreia do Sul, oferecendo equipamento e utensílios.

Outros Lugares para comer na Liberdade


Izakayas na Liberdade- Boteco Japonês


Izakaya é conhecido no Brasil como boteco japonês por ser um local que se assemelha a nossa definição de um ambiente descontraído pra relaxar, confraternizar e também pra beber e comer.

É comum encontrar nos Izakayas um balcão pra sentar e ver o preparo dos petiscos enquanto se toma uma bebida.


Izakaya e a união das palavras I (sentar) e zakaya (loja de saquê)


Os sushi e sashimi não aparecem na maioria dos cardápios, nos Izakayas o que predomina são preparações quentes ou em conservas.

Porém a comida no Izakaya é tão valorizada como as bebidas, as tradicionais são sakê, cerveja ou shochu (bebida destilada japonesa a partir da cevada).


Otochis são entradas e pestiscos que variam todo dia no cardápio de um izakaya.


No Japão os izakayas estão por toda parte entre os despretensioso a estrelados, em São Paulo a variação é parecida.

Mas não espere os moderninhos na Liberdade, o que predomina no bairro são izakayas com salão simples e cheio de tradição e autenticidade.

Descubra os principais izakayas pra ir na Liberdade.

  • Izakaya Issa (Rua Barão de Iguape, 89) – Uns dos mais tradicionais da Liberdade e fica longe do burburinho do bairro, o salão pequeno vive lotado, com clientes no balcão e nas mesas com tatame. O takoyaki (bolinhos de polvo com katsuobushi) é o carro chefe da casa.
  • Izakaya Kaburá (Rua Galvão Bueno, 346) – Outro representante da tradição de Izakaya no bairro, os pratos feitos na grelha são feitos artesanalmente no fogo, a anchova no espeto é a estrela. Depois de pedidos dos clientes começou a servir com maestria sushi e sashimi. A porta camuflada esconde um salão com balcão típico.
  • Izakaya Kintaro (Rua Thomaz Gonzaga, 57) – O salão é pequeno com um balcão simples, mas os petisco servidos são disputados tanto pelo sabor como pelo valor, os mais populares são a sardinha marinada, acelga apimentada, berinjela e costelinha com missô.
  • Izakayada (Praça Carlos Gomes, 61) – Têm decoração retrô, com estantes repletas de brinquedos e referências a cultura pop japonesa, suas especialidade são os petiscos e a fusão da pratos japoneses com americanos, mexicanos, tailandeses e brasileiros.
  • Kidoairaku (Rua Thomaz Gonzaga, 22) – Os clássicos da casa fundada em 1988 são a berinjela grelhado com missô e o mix furai (empanado de camarão, peixe e frango).

Cafeterias no Bairro da Liberdade


O que não falta no bairro da Liberdade é cafeterias pra conhecer, é possível até mesmo visitar uma diferente em cada visita.

kazu-cake-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Cafeterias sempre estão no meu roteiro no bairro, além de ser uma ótima parada pra recarregar as energias, também são ótimas locais pra comer na Liberdade.

A maioria servem sobremesas típicas da confeitaria japonesa contemporânea.


89º Coffee Station


Praça da Liberdade, 169

Localizada em frente a Praça da Liberdade, a 89º Coffee Station inaugurada em 2017 está sempre lotada e as vitrines repletas de doces baseados na confeitaria japonesa moderna.

 onde-comer-na-liberdade-89-coffee-station
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

O nome é referência a temperatura ideal para fazer um expresso e que representa também o cuidado e preparo com o café do local.

onde-comer-na-liberdade-restaurante-89-coffee-station
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

São disponibilizados métodos japoneses de preparo como o Japanese Drip Coffee (café coado na Hario V60) e bebidas quentes ou frias com matchá.

cafeteria-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

As diversas opções de frappés, sodas italianas, chocolate quente e chás vai deixar na dúvida quem não quiser experimentar os cafés do cardápio.

onde-comer-na-liberdade-89-coffee-station
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

As sobremesas e salgados da 89º Coffee Station são produzidos diariamente e apesar de terem itens fixos, muitos são sazonais.

Na confeitaria e padaria a influência de preparo japonesa se mescla com a influência francesa e americana.

onde-comer-na-liberdade-89-coffee-station
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Sempre que visito fico entre o cappuccino e algum café gelado como o Iced Coffee Latte, a torra é do café Mitsuo Nakao, plantado no cerrado mineiro.

Pra comer recomendo muito o croissant salgado e o de chocolate, principalmente se passar de manhã e tiver saindo do forno.

Mas o salgado que brilha mesmo é um quitude brasileiro, a ​​coxinha de frango com catupiry que é feita com perfeição.

onde-comer-na-liberdade-89-coffee-station
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Os variados doces inspirados na confeitaria francesa dominam a vitrine no 89º Coffee Station, mas não espere encontrar tanto açúcar.

cafeteria-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

O choux cream, verrines e os bolos japoneses com massa fofinha são os mais pedidos, assim como a versão da casa dos famosos donuts americanos.


Hachi Crepe e Café


Rua Galvão Bueno, 586

O Hachi Crepe e Café é uma cafeteria especializada em crepe no estilo japonês, que têm uma massa bem fininha, sendo servido enrolado, o recheio se come de colher.

O nome é inspirado na estátua do cachorro Hachiko que fica na estação de Shibuya em Tóquio.

O que não falta no cardápio são opções de recheio, no crepe tradicional se escolhe até 3 frutas e 1 cobertura e no especial se adiciona sorvete, ambos acompanham chantilly.

Pra provar os com recheio típico escolha as opções da casa que vão anko (doce de feijão) e mochi (bolinho de arroz doce) como o Hachi Matchá e o Hachi Daifuku.

O Taiyaki (bolinho japonês em formato de peixe) têm 4 tipos de recheios pra escolher e ainda se pode acrescentar sorvete.

Os Parfaits (sobremesa em camadas servidas em copo ou taças), é outro item do cardápio que faz muito sucesso.

Também se encontra no Haichi, crepes salgados de diversos sabores e café (quentes e frios), frapés, chás e drinks com café sem álcool.


We Coffee


 Rua dos Estudantes, 24

A We Coffee é uma marca fundada em Xangai na China em 2013, possui mais e 460 lojas na Ásia e conta com diversas filiais em São Paulo.

Na Liberdade conta com uma unidade concorrida na Rua dos Estudantes que dificilmente deixa de apresentar filas pra ser atendido.

O conceito de confeitaria boutique da marca é uma tendência na Ásia, assim como as bebidas com queijo e sobremesas criativas.

É comum encontrar locais lotados na Liberdade, mas a We Coffee atrai um pouco interessado tanto no cardápio como na hype da marca nas redes sociais.

Pra fugir das filas procure ir de manhã ou na semana, mas mesmo assim é comum esperar pra ser atendido.

O destaque fica com panificação, os pães de fermentação natural marcam presença nos doces e salgados.

Meu preferido é o pão de alho agridoce (recheado com creem cheese com alho, queijo parmesão e açúcar), a combinação do doce e salgado cria uma sabor delicioso.

Outro pães salgados que provei foram o croissant de presentine queijo com bacon e o soft bun de bacon.

O magic strick de morango (pão de fermentação natural, com recheio de creme de morango), têm um recheio bem suave e conta ainda com a versão de manga e chocolate.

Os doces seguem o padrão da confeitaria asiática coma açúcar em moderação que pode frustrar os que buscam doces mais açucarados.

São mais de 10 tipos de bebida com café e mais de 15 de chá, com opção quente e gelado, as bebidas com base de salty cream (queijo) são as mais pedidas da casa.

Experimentei o latte tiramisu, dulce do latte e fruit tea maracujá, são bem executados mas nada surpreendentes.

No salão no térreo onde é feito os pedidos, além de admirar a vitrine é possível observar o preparo dos produtos na cozinha.

O primeiro andar conta com um salão com poucas mesas, com uma decoração clean e minimalista.

Eu achei as mesas altas e os assentos desconfortáveis, a maioria delas é comunitária.

Uma varanda com vista pra Rua dos Estudantes é outra atração pra fotos na We Coffee e ajuda também na iluminação do salão.


Mr. Right


Rua da Glória, 108

O Mr. Right é uma cafeteria chinesa que assim como a We Cofee serve a popular bebida asiática gelada com creme de queijo e sobremesas típicas da confeitaria oriental contemporânea.

Porém diferente da cafeteria mais badalada da Liberdade, o Mr Right não têm a mesma hype e filas de espera pra ser atendido, mas o movimento é grande no final de semana.

O ambiente que segue a linha de cafeteria boutiques orientais com muito branco e decoração minimalista, ganha toques pessoais que deixam o espaço intimista e aconchegante.

Quem é familiarizado com o universo dos doramas vai se sentir dentro de uma cena em que os personagens se encontram em uma cafeteria na China ou Coreia do Sul.

Apesar das opções de cafés no cardápio, o destaque são as bebidas geladas com creme de queijo e os smoothies de chá verde com frutas.

Também é servido versões de bulb tea com chá preto e leite com pobá ou sagu, algumas bebidas com queijo também conta opção de leite de coco e sagu.

Entre as bebidas com queijo provamos a Cheese de Morango, que é um smoothie de morango, com pedaços de morango e creme de queijo.

A combinação de morango (muitos pedaços) com queijo surpreendeu e passei a entender o motivo dessa bebida ser tão popular na Ásia, traz um contraste de sabores muito interessante.

Outra bebida que experimentamos foi o Tea de Abacaxi com Manga que possui base de chá verde, com abacaxi e pedaços de manga, os sabores são suaves e bem refrescante, não falta pedaços de frutas.

As sobremesas contam com apresentação caprichada e doses moderadas de açúcar, elas não estão no cardápio sendo necessário conferir a disponibilidade na vitrine.

O Mousse de Batata Roxa chamou a atenção por ser a mais diferente no dia que visitamos e a mais típica, pois é um doce tradicional na China.

Foi um ótima surpresa, consistência super leve e a mistura de sabores da batata roxa, leite de coco e cheese criam uma combinação deliciosa.

O Bolo de Matchá com Chocolate estava com massa macia, recheio leve e muito bem apresentado.

As opções salgadas fogem das encontradas em cafeterias do bairro e trazem um clima de happy hour com diversas opções de frango empanado, costelinha suína e batata frita.

Não têm como não notar o pé de frango que é muito apreciado na China entre os pratos cardápio.

Os valores são a média dos preços cobrados em outras cafeterias do bairro da Liberdade.


Starbucks Liberdade


Av. da Liberdade 151

A primeira unidade da Starbucks na Liberdade, conta com decoração temática e espaço ar ao livre.

As lanternas típicas japonesas, o teto com madeira e as pinturas na parede com tijolos brancos se destacam no salão.

No mesmo edifício funciona uma agência do Santander que possui um painel oriental e no primeiro andar uma unidade da Daiso.

Outro diferencial da unidade é a painel em vermelho na fachada, que é em conjunto com a do Santander.


Café Sol – Restaurante e Cafeteria


Rua Galvão Bueno, 05  

O Café Sol é uma cafeteria e restaurante com mais de 60 anos de tradição no bairro da Liberdade, fica localizado em umas das esquinas mais movimentadas do bairro, em frente a Praça da Liberdade.

A casa comandada por donos portugueses estava ficando camuflada entre tantos empreendimentos asiáticos ao redor, pra atrair mais público passou por uma reforma, que trouxe uma repaginada para o salão e a fachada.

café-sol-cafeteria-e-restaurante-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

É um dos poucos lugares do bairro pra fugir da culinária asiática, o cardápio traz salgados, sobremesas e pratos típicos brasileiros, também apresenta influência da cozinha italiana, tanto nos doces como nas refeições.

A confeitaria portuguesa também marca presença e as opções de café e bebidas geladas não deixam a desejar.

É uma ótima escolha para comer no bairro da Liberdade uma refeição completa que foge dos pratos orientais, é também uma ótima parada para o café.

O local é muito procurada para um hapy hour, sendo bem movimentado no final da tarde na semana e nos dias quentes pra quem busca os tradicionais gelatos italianos.


Jjang Coffee


Rua Galvão Bueno, 338 

A Jjang Coffee é um cafeteria que chama atenção pelo sua forma diferenciada de realizar o pedido e pagamento.

Quem passa em frente encontra uma máquina em que cada botão é um item do cardápio, a teoria é só clicar, fazer o pagamento e retirar o pedido no balcão.

Porém no pagamento tivemos que fazer dentro da cafeteria, pois a tecnologia não estava tão automatizada quando deveria (voltaremos pra uma nova tentativa).

O cardápio conta com cafés clássicos (quentes e gelados) e matchá mas as bebidas geladas são as que possuem mais variedade, entre elas frappés e chás gelados com pobá.

As comidinhas são resumidas no bubble waffle (doce e salgado), pão de queijo e cookie.

Pedimos para beber o Caramelo Macchiato Quente (R$16) e Frappé de Morango (R$ 17), ambas bem preparados.

O Bubble Waffle Baunilha (R$ 13) no palito foi uma ótima surpresa, macio, saboroso e quentinho, os outros sabores são chocolate , matchá e três queijos.

A identidade visual do gatinho mascote é encontrada em itens a venda como copos, adesivos e chaveiros.

O salão é pequeno e conta com poucas mesas, o ambiente é pet friendly e serve um creme batido chamado de Puppy Cups de Chantilly para os quem visitar com seu amigo de quatro patas.


Outras cafeterias pra comer no bairro da Liberdade


  • Kazu Cake (Rua Thomaz Gonzaga, 84/90) – Cafeteria especializada em doces, entre eles os bolos com preparo típico japonês e o choux cream, conta com variedade de bebidas geladas e quentes.
  • Coffee Selfie (Rua Thomaz Gonzaga, 107)- O cliente pode escolher uma foto pra ser imprimida na espuma do café, oferece opções de bebidas quentes e geladas pra acompanhar os salgados e doces.
  • Bori Café (Rua são Joaquim, 293) – Serve no sistema de retirada/take out, os cafés são selecionados diretamente com o produtor. Opção de coado e expresso (quente ou gelado), o preço é dos melhores do bairro. Loja fechado temporariamente.
  • The Coffee (Av. da Liberdade, 169/Rua Américo de Campos, 80) – São diversas lojas espalhadas pelo Brasil, unindo o método de preparo japonês com o café brasileiro, espaço pequeno e minimalista, pra comprar e levar, os preços são bem atrativos.
  • Bodogami (Av. da Liberdade 456) – Mistura de restaurante e cafeteria que disponibiliza jogos de tabuleiros para os clientes jogar.
  • Nandemoya Café & Market (Rua Galvão Bueno, 451) – Mistura de mercearia, hortifrúti e cafeteria que conta com itens doces e salgados na vitrine.
  • Itigô Itiê Coffee & Sweet (Rua Galvão Bueno, 425) – Localizado ao lado do lobby do Hotel Nikkey Palace, é aberto para hóspedes e visitantes. O destaque são as sobremesas do chef confeiteiro Cesar Yukio e os cafés da Um Coffee Co, preparado com métodos especiais.
  • Hello Kitty and Friends 2D By Eat Asia: A casa temática com pinturas 2D da Hello Kitty também serve café pra acompanhar as sobremesas com assinatura do chef pâtissier Cesar Yukio.
  • Hi Tea: A casa de chá chinesa especializada em chá gelado, também serve algumas opções de café quente e gelado.
  • Yummy Ice Café: Os chás gelados dominam o cardápio, mas quem procura café não se decepciona, além do clássico expresso, combinações de café com leite de coco, água de coco e matchá chamam a atenção.
  • Angry Cat Coffee Shop (Rua Galvão Bueno, 351/Galeria Imperial 1° Andar) – Primeiro cat café do bairro da Liberdade, com área pra visitação e adoção de gatos. Cardápio com bebidas quentes e geladas, salgados e doces.

Padarias e Docerias na Liberdade


Nas padarias orientais do bairro da Liberdade os pães típicos japoneses (pan) e chineses (bao ou bun) se misturam nas prateleiras.

A produção é diária, mas encomendas são aceitas, especialmente para bolos. No entanto, no final do dia, as opções podem ser limitadas, pois produção diária é limitada e com alta procura dos clientes fiéis.

Confira a seleção de padarias pra visitar no bairro da Liberdade.

  • Mooncake Bakery (Rua Fagundes, 220) – Padaria tradicional no bairro pra quem busca pães típicos doces e salgados como o karepan, anpan, melopan e entre outros, o mais procurado é o mooncake (bolo lunar). Outro destaque são as sobremesas e bolos por encomenda.
  • Doceria Hawei (Rua da Glória, 592) – Doces típico orientais, pães doces e salgados. Aceita bolos por encomenda.
  • Suifong (Rua da Glória, 140) – Padaria especializada em pães chineses com itens frescos e muitas vezes sem reposição no dia.
  • NaNaYa (Térreo do Sogo Plaza Shopping /9° andar do Museu da Imigração Japonesa) – Especializada em doces japoneses, tanto da confeitaria contemporânea (yogashi), como os tradicionais (wagashi).
  • Revan Doceria (Rua dos Estudantes, 57) – Em um pequeno box com janela pra rua é possível pedir doces como bubble waffle, choux cream, cannoli e sorvete de rolo no estilo tailandês.
  • Doceria Alteza (Rua Américo de Campos, 36) – Sobremesas orientais com valores mais acessíveis que outros locais no bairro mas sem dever na qualidade, espaço simples e acolhedor. Também aceita pedidos de bolo por encomenda.
  • Hakkopan – Padaria oriental especializada em pães artesanais que funciona com pedidos por encomenda, pra ser entregue ou retirado. Produz também pães tradicionais como focaccia com ingredientes clássicos e típicos e também bolos.

Casas especializados em Bubble Tea e Bebidas Geladas


O chá com bolhas ou buble tea que virou febre na Ásia, Estados Unidos e Canadá não é mais nenhuma novidade em São Paulo, a bebida com bolinhas de tapioca e sagu, surgiu em Taiwan na décade de 80.

Pode ter uma infinidade de sabores porém as bases mais usadas são água, leite, chá e leite fermentado.

O cardápio das casas especilizadas costuma ir além do bulb tea e oferece outras combinações de bebidas geladas, inclusive a versão com creme de queijo, que é a nova tendência da Asía.


Hi Tea


Praça da Liberdade, 90

O Hi Tea é uma casa de chá chinesa que fica um pouco escondida no primeiro andar do prédio onde fica o mercado chinês Casa Mart.

hi-tea-bubble-tea-na-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Pra acessar é necessário entrar em um porta do lado da entrada do mercado e pegar o elevador no final do corredor.

O salão conta com dois espaços e uma área ao ar livre com vista privilegiada para a Avenida Liberdade.

grafite-na-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Caso consiga uma mesa no terraço, além de ficar olhando o movimento, aproveite pra fotografar o bairro por novos ângulos.

São diversas versões de chá disponível pra provar com base de leite, yakult e frutas, as combinações são diversas, algumas com ingredientes típicos como matchá e feijão azuki.

Também é possível adicionar bolinhas de pobá em qualquer bebida escolhida, até mesmo na versão com creme de queijo.

Provamos duas versões com base de yakut no sabor de limão e manga, ambas muito bem preparadas e refrescantes.

As comidinhas do cardápio são poucas, se encontra algumas opções de petiscos fritos, entre eles batata e frango empanado.

No balcão é possível conferir as sobremesas do dia que trazem a confeitaria oriental em destaque, com apresentação delicada e açúcar em moderação.

hi-tea-na-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

O bolo de uva e o de chocolate estavam com massa leve e recheio aerado, pra acompanhar além das bebidas geladas a casa também serve café.

cafeteria-bairro-da-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Conheça abaixo outras casas especializadas em bubble tea e bebidas geladas no bairro da Liberdade.

  • Hi Tea (Praça da Liberdade, 90) – Casa chinesa com terraço com vista pra Avenida Liberdade, os chás são servidos com base de leite, yakut, frutas e cheese, contam com umas das maiores variedade de sabores do bairro. Além do bubble tea oferece sobremesas e salgados.
  • Chá Inn (Rua dos Estudantes, 144) – Não conta com espaço pra sentar, para comprar e ir tomando, os valores são menores mas têm opções variadas.
  • Tea Station (Rua da Glória, 326) – O bubble tea pode ser personalizado desde o chá, base, topping e essência ou escolher as opções da casa. Serve alguns snacks e comidinhas. A parede com post-it é marca registrada.
  • Yummy Ice (Rua Galvão Bueno, 412) – Um pouco escondidinho no meio do burburinho, serve além do bubble tea outras bebidas geladas como café, smothies e uma exclusiva a base de chá e creme de leite
  • Mr. Right (Rua da Glória, 108) Cafeteria e confeitaria com inspiração chinesa, o destaque fica pelas sobremesas e diversas combinações de chás gelados.

Sorveterias na Liberdade


Na Liberdade se encontra lugares pra tomar sorvete tradicionais, gelatos artesanais, frozen yogurt e até sorvete de neve ou snow ice (raspadinha com gelo bem fininho).

sorvete-no-bairro-da-liberdade-sp
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

Veja a lista com os principais locais pra encontrar sorvete no bairro da Liberdade.

  • Spoonful Creamery (Rua Thomas Gonzaga, 45) – Cafeteria que têm como carro chefe as raspadinhas de gelo, o cliente pode pedir as sugestões da casa ou montar o seu combo escolhendo a essência e a cobertura.
  • Snowfall (Rua dos Estudantes, 73) – A raspadinha têm como base o gelo e leite, são encontrados sabores com ingredientes típicos brasileiros e asiáticos. Serve também bebidas geladas, gelatos e bubble tea. Possui outra unidade no Bom Retiro.
  • Yoguti (Praça da Liberdade, 43) – O sorvete com base de iogurte, é montado pelo cliente que se serve na máquina e escolhe as coberturas e toppings, depois é só pesar e pagar.
  • Gelato da Sato (3º andar Sogo Plaza Shopping) – Gelatos produzidos artesanalmente com ingredientes selecionados, possui sabores típicos orientais como matchá, também traz opções tradicionais com chocolate e morango.
  • Mini Orbe (Rua dos Aflitos/Galeria Pingo Doce) – Primeira loja a trazer para São Paulo o sorvete de bolinha feito com nitrogênio líquido em temperatura de – 40° C.
  • Iglu (Rua dos Aflitos, 21) – Lugar simples e pequeno mas serve o snow ice com melhor preço do bairro. Conta também com sobremesas, bubble tea, bebidas geladas e pratos salgados pra almoçar.
  • Revan Doceria (Rua dos Estudantes, 57) – No cardápio do pequeno box da doceira, uma das novidades é o sorvete de rolo no estilo tailandês em diversos sabores e toppings.
  • Nhô Sorvetes (Rua Galvão Bueno, 338) – Franquia de sorvetes que conta com opção de casquinha, sundae e fondue, os valores são acessíveis, conta também com uma unidade na República.
  • Yummy Ice (Rua Galvão Bueno, 412) – Além das bebida geladas se encontra ainda snow ice com sabores típicos orientais e com ingredientes brasileiros.
  • Café Sol e 89º Coffee Station – Os gelatos de produção própria podem ser comprados na vitrine que fica pra rua.
  • Tea Station (Rua da Glória, 326) – A especialidade é bubble tea mas se encontra no cardápio o ice cream rool (sorvete de rolo) que é de origem tailandesa.
  • Kyoto Cafe & Restaurant (Rua Thomaz Gonzaga, 45B)- Vende gelatos artesanais com sabores típicos japoneses com apresentação criativa.
  • Hi Keki (4º andar Sogo Plaza Shopping) – Serve sorvete no taiyaki (bolo japonês em formato de peixe).

Mercados no Bairro da Liberdade

Os mercados do bairro é mais uma opção pra comer no bairro da Liberdade, neles é possível encontrar comida típica preparadas e embaladas.

Bentô, combinados de sushis, oniguiri, hot rool e kimbap são algumas das comidas encontradas nos refrigerados dos supermercados.

Veja os principais mercados pra comprar comida pronta e comer na Liberdade.

  • Empório Azuki
  • Korea Mart
  • Marukai
  • Towa Market
  • Casa Bueno
  • Nandemoya Market
  • Maruso Convenience Store
  • Casa Mart
  • Hirota Food Express

Confira mais informações de mercados e lojas na Liberdade clicando no link abaixo

Guia de Compras no Bairro da Liberdade


Restaurante Brasileiros, Pastelaria e Fast Food

Caso você não goste ou não esteja com vontade de comer culinária oriental, não significa que precisa deixar de comer na Liberdade.

É possível comer comida típica brasileira em restaurantes especializados ou que possuem pratos conhecidos no cardápio.

Algumas redes de fast food famosas marcam presença na Liberdade, sendo uma opção pra economizar e comer no bairro.


Restaurantes pra comer na Liberdade comida típica brasileira


  • Restaurante Leques Brasil (Rua São Joaquim, 216) – Gastronomia brasileira e internacional com buffet de café da manhã e almoço e pratos a lá carte no jantar, fica no Hotel Leques Brasil.
  • Café Sol Restaurante (Rua Galvão Bueno, 05) – Restaurante que serve pratos tradicionais brasileiros, oferece opção de pratos executivos do dia ou a lá carte. No local ainda funciona uma cafeteria.
  • Restaurante Coelho de Ouro II (Rua Galvão Bueno 256) – Fica na esquina da Rua Thomaz Gonzaga com a Rua Galvão Bueno possui pratos executivos com valores atraentes.

Restaurantes e Bares com pratos brasileiros no cardápio


  • O Masquês Bar (Av. da Liberdade, 596) – No cardápio se encontra petiscos de boteco e lanches, o destaque são as porções com inspiração portuguesa. De noite conta com música sertaneja ao vivo e no almoço serve buffet por kilo. Fica na no prédio da Casa de Portugual.
  • Kisetsu Sushi (Rua da Glória, 234 ) – O foco são pratos japoneses mas servem uma pequena variedade de pratos executivos conhecidos como parmegiana e milanesa (frango e carne) e salmão grelhado com arroz típico brasileiro e salada.
  • Melts Brasil -(Av. da Liberdade, 472) Hamburgueria que conta com pratos brasileiros no cardápio.
  • Boteco São Joaquim – (Rua Taguá 16) – Pratos executivos brasileiros, lanches e porções por um bom preço em ambiente simples.
  • Cervejaria Taguá (Rua Taguá 326) – Bar descontraído que serve comida de boteco pra acompanhar as diversas opções de chopp e cerveja artesanal da casa.

Pastelaria


Pastel Yoka


Rua dos Estudantes 37

O Pastel Yoka é uma das casas especializadas mais tradicionais e premiadas em São Paulo, inaugurada em 1996.

Porém a receita original de família é ainda mais antiga, foi elaborada pelo mestre japonês Takashi Yokoyama em 1941, sendo servida a mais de 70 anos.

pastel-yoka-liberdade
Foto: Deisy Rodrigues/São Paulo Sem Mesmice

No cardápio se encontra diversos sabores tradicionais como carne com queijo, frango com catupiry, bauru e pizza.

Um dos sabores com ingredientes típicos é o japonês (tofu, shitake, massa de peixe e cebolinha).

Não podia faltar a versão especial de carne com ovo, outra sugestão na categoria especial é o palmito com camarão, possui também sabores doces.

Os valores são a partir de R$ 11 nos pastel com sabor simple a R$ 25,5 no especial.

Além dos pastéis se encontra no cardápio outros salgados como coxinha, esfiha, empada e kibe.

A invenção mais inusitada da casa é o pastenolli , doce com massa de pastel frita no formato de canolli e recheada com creme, chocolate ou doce de leite (R$ 9 a unidade).

Provei a versão com creme e doce de leite, ambas bem saborosas, lembra um canolli com massa mais fina e sequinha.

É um clássico pra comer no bairro da Liberdade que merece ser visitado, os pastéis são bem recheados e massa crocante, com ótima fritura.

O salão é pequeno e simples, sempre com bastante movimento e com filas nos final de semana e feriados, porém é possível pedir pra viagem.


Fast Food


  • McDonald’s – Possui uma unidade temática na Avenida Liberdade 131 que traz decoração com inspiração nipônica, jardim e fachada tematizada.
  • Fast Food na Avenidada Liberdade – Andando pela Av. da Liberdade se encontra variadas opções de rede de fast food conhecidas como o Burger King, Ragazzo, Habib’s, e Subway.

Quanto Custa Comer no Bairro da Liberdade


O valor para comer no bairro da Liberdade, varia de restaurantes econômicos a aqueles com preços mais altos.

Até mesmo entre os especializados o preço pode tanto variar como manter uma faixa média de valor.

Porém a maioria oferece um bom custo benefício, alguns pratos principalmente em restaurantes chineses, coreanos e tailandeses são bem fartos, sendo recomendado dividir.

Pra comer no bairro da Liberdade bem e barato a melhor opção é as barraquinhas da Feirinha da Liberdade.


Dicas pra Comer no Bairro da Liberdade


  • Nos finais de semana e feriados chegue próximo a abertura dos restaurantes pra evitar espera por mesa.
  • Durante a semana, o movimento e a concorrência dos restaurantes é menor concorridos, porém os mais populares podem ter fila de espera no horário de pico.
  • Alguns restaurantes abrem para almoço e reabrem no jantar, verifique o horário pra evitar surpresas.
  • No horário do jantar, o movimento nos restaurantes é menor que no almoço, mesmo no final de semana, devido ao fechamento das lojas por volta das 18h.
  • Na feirinha da Liberdade, há diversas barracas para comprar comida, mas não há lugar para sentar; prefira itens que possam ser comidos facilmente em pé ou levados para casa.
  • Se você não e familiarizado com uso do hashi, o famoso pauzinho usado pelos orientais pra comer, não se preocupe, solicite talheres ou adaptador de hashi, oferecido pela maioria dos restaurantes.

Confira as melhores opções de hospedagem em São Paulo


Outras matérias no bairro da Liberdade

25 Coisas Imperdíveis pra fazer na Liberdade

Guia de Compras no Bairro da Liberdade


Antes de ir embora leia também

10 motivos pra visitar o Japan House

O que fazer na Avenida Paulista

Beco do Batman na Vila Madalena – Roteiro com o que fazer

Templo Zu Lai – O maior Templo Budista da América Latina

Templo Odsal Ling – Um pedaço do Tibet em São Paulo


Roteiros em São Paulo

Holambra/Itu/Guararema

Campos de Jordão/Santo Antônio do Pinhal

São Bento do Sapucaí/Cunha/São Roque

Atibaia/Ubatuba/Embu da Artes


About Deisy Rodrigues

Criadora, editora e fotógrafa do São Paulo Sem Mesmice, ama compartilhar experiências, escrever roteiros detalhados e inspiradores dos lugares por onde passa. É viciada em café, fã de musicais, apaixonada por gatos e adora descobrir lugares pra admirar o nascer/pôr do sol.

22 thoughts on “Onde comer no bairro da Liberdade – GUIA COMPLETO 2024

  1. Preciso conhecer o bairro liberdade, existem lugares incríveis que preciso conhecer um pouco mais, adoro comércio e o tradicional bairro da Liberdade com comida japonesa, quero curtir esse roteiro em São Paulo.

    1. Não deixe de conferir nosso guia de compras, com dicas de lojas na Liberdade, comer e fazer compras são duas atividades que amo fazer na Liberdade.

    2. Querida, que guia maravilhoso!!! Moro próximo ao bairro e o frequento há anos e nunca tinha visto algo igual e bem feito como sua matéria, muito obrigada!!!

  2. Oi
    Eu adorei este guia 🙂 sempre vou passear na Liberdade é um lugar incrível, vou ir nos lugares que você sugeriu.

  3. Fiquei aqui salivando com tanta comida e apaixonada com a estética dos lugares e pratos. Moro em Minas e quero muito conhecer esse bairro, quando for já sei onde procurar lugares para conhecer por lá e comida boa também. Salvei essa página. Perfeito e super completo seu post.

  4. Com um guia desse super completo impossível ficar com fome na liberdade. Adorei as dicas e o post! Sou super suspeita pra elogiar esse site! Adoroooo

  5. Oie, tudo bem? Ah, quanta dica incrível. Nada melhor do que encontrar bons lugares para comer não é mesmo? Um prato que gosto muito é camarão, se pudesse comeria todos os dias. Um abraço, Érika =^.^=

    1. Olá Erika, concordo muito com você e na Liberdade não falta boas opções pra comer, recomendo os espetinhos de camarão da Feirinha da Liberdade.

  6. Um guia super completo, obrigada pela dica, vou passar para o meu filho que mora em SP. Na Liberdade as pessoas devem ficar indecisas na hora de comer, pois são muitas opções deliciosas.
    Bjs!

    1. Ficar indeciso pra comer na Liberdade é bem comum Cidália, já passei muito por isso e escrevi esse guia pra ajudar a explorar a gastronomia no bairro.

  7. Com certeza vou guardar essas indicações de onde comer na Liberdade, se um dia for a SP com certeza quero aproveitar o que há de melhor na culinária!

  8. Realmente muito completo o guia, de deixar com água na boca, fiquei com vontade de conhecer vários lugares.

  9. Adorei essa matéria, um guia perfeito e repleto de informações de onde comer na Liberdade, conteúdo mais completo que li até hoje da Liberdade, perfeito.

  10. Quantos pratos deliciosos, é de dá água na boca, na Liberdade tem muitas opções de lugares, se fosse decidir em qual escolher seria um um problema, ótimo o seu guia bjs.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *